Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, fevereiro 05, 2019

Com os parabéns à JV pelo trocadilho do ano:
se um pato gostar de patos, mas não de patas, poderá ser um pato antipática?,
aqui fica, à laia de presente, um homem que dança bem que se farta.


Tinha avisado: alvorei. Ainda era madrugada quando desarvorei. Foi, pois, ainda de noite, parte da viagem. Ninguém merece. Tive um dia do esbeleleu. Estou incapaz de pegar num gato pelo rabo -- coisa a que, mesmo que estivesse transbordante de energia, não me arriscaria. E, como moral da história, apenas consigo concluir que é uma pena não haver feriados tão cedo.

Mas, às tantas, no meio de coisas sérias, arranjei maneira de espreitar -- e, juro, não consegui deixar de rir de gosto com a pergunta da erudita JV: 
Será um pato que sofre de antipatia?? Já que se está a tornar expert em adivinhas e coisas do género, pedia-lhe então que me elucidasse quanto à seguinte questão, que me está a dar a volta à cabeça: se um pato gostar de patos, mas não de patas, poderá ser um pato antipática? 
Claro que logo, logo, tive que fechar o semblante e fazer de conta que tinha acabado de ler um mail muito importante mas, por dentro, tenho andado divertida com esta do pato bicha, antipática.

E agora, com muita pena por não conseguir contrapor um outro  trocadilho, limito-me a perguntar à JV: a menina dança?

É que, se dança, tem aqui um par à altura.


Thanks, JV, pelo bom humor que enxertou no meu dia.

6 comentários:

Janita disse...

Ora bolas! Se para descobrir a solução de adivinhas também é necessário ser-se erudito, o melhor é eu bater em retirada. E é para já!

Eheheheh...Gostei de tanta subtileza, Dona UJM.

Fique na sua santa paz.

Ésse Gê (sectário-geral) disse...

E esta, que tem barbas ainda mais brancas do que as minhas: Se barbudo é barbado e barbado é barbudo, por que será que peludo não é o mesmo que pelado?

Um Jeito Manso disse...

Ora viva Janita,

Subtileza...? Também não percebi essa. Acho que me falta erudição para perceber o que escreve. Dá ideia que pensa que escrevo a dirigir-me em si o que é uma coisa um bocado curiosa, para não dizer surpreendente.

E vá e volte e retire-se ou regresse à sua vontade, como queira, que, por cá, será sempre bem recebida.

Santa paz também para si.

Um Jeito Manso disse...

Olá ésse Gê (sectário-geral),

E peludo não é pelado? Pensei que fosse. Façamos a demonstração pela negativa: se depeludo (sem pelo) é depilado, porque é que peludo não é pelado?

E como é que a gente sabe se não é peludo se não o vir pelado?

:)

Anónimo disse...

Erudita? Zero... Zerucho. Só se for da bola (nada de revirar olhos, que é conhecimento puro e do bom e, juro, valeu-me uma nota bombástica no cadeirão mais cadeirão da faculdade. Com Quaresma, Scolari e um "minino" se conquista corações em Direito). Pois a verdade é que não sei uma citação de cor, umazinnha que seja. É tudo show-off que aqui faço, porque não me vêem de Citador aberto na janela ao lado (janela do Chrome, como é bom de ver). Um pouco de culteranismo, no máximo (vão lá pesquisar o que é e descubram quem citava eu aqui há uns posts atrás, armada em culterana erudita que nada diz a não ser através de artifício eufemístico).
E então não hei de dançar?!
Abraço
JV

Um Jeito Manso disse...

Olá JV,

Ora, ora, deixe-se disso. Que modéstia é essa? Não sabe que saber pesquisar e saber encontrar é o grande mérito? Claro que volta e meia deve sentir-se, tal como eu também às vezes me sinto, arreliada por não conseguir ter citações de cor. Mas com as ferramentas de que dispomos e a profusão de 'fontes' e de repositórios de informação, a arte está em saber qual a palavra que abre a porta certa.

E se, em cima disso estiver a leveza e a graça, então saiba que temos pela frente alguém bem interessante. É o seu caso, menina dançarina e brincalhona.

Abraço e um dia feliz.