Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, março 17, 2018

Sobre dois livros ditos fundamentais.
E dois vídeos que mostram parceiros muito old fashion



Como já tenho dito, os meus Leitores são de uma simpatia a que lamentavelmente não tenho como corresponder. Não consigo agradecer ou retribuir a gentileza com que me agraciam, diariamente, enviando-me coisas engraçadas ou que dão que pensar ou, de quando em vez, belos e sensuais poemas. Ou é o sono que me faz vergar quando aqui à noite tento seleccionar alguns dos presentes recebidos para lhes dar algum enquadramento ou, outras vezes, venho com algumas em mente para aqui escrever e acaba por não se proporcionar divulgar o muito que recebo. Que me desculpem aqueles a quem não me sobra energia para agradecer directa ou indirectamente.

Mas hoje deu-me para isto. Se no post abaixo já partilhei convosco um dispositivo que é um achado (por permitir encher um copo de vinho com uma rapidez e limpeza que só vistas), agora permitam-me uma incursão por dois lugares comuns: que os homens são uns totós que nem sabem apreciar as beldades que têm em casa ou que as mulheres arranjam todos os pretextos para fugir ao truca-truca. Mitos urbanos. Ortodoxias. Não acredito nem num nem noutro como regra geral, tal como, já agora, não concordo que os dois livros fundamentais sejam a Biblia e o Kamasutra. Ainda não li um nem outro e não sinto que as paredes do meu edifício intelectual estejam mais frágeis por me faltarem tais alicerces. Poderão os eruditas e eremitas desta vida sorrir com desdém e dizer que não admira já que o meu edifício intelectual não passa de uma palhota ou de uma tenda de campismo. Seja. Tá-se bem numa ou noutra e, ademais, não sou esquisita nem exigente. E acredito piamente no oposto do que os dois vídeos insinuam. Claro que isso pode acontecer por eu ser de vistas curtas e não ver o que toda a gente topa à légua. Pois que seja também. Mas, também aqui, tá-se bem vendo o mundo sob a lente impressionista.

Mas, pronto, adiante que se faz tarde e saiam os dois vídeos.




................................

E queiram por favor, continuar a descer.