Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, abril 07, 2017

Shortinha número um
[Lulu e as bolinhas]


Lulu, com a amiga, vagueava entre os expositores da Zara. De repente estacou: 'Oh pá, eu não acredito...'. A amiga parou também: 'What, Lulu?'. Mas Lulu estava em transe: 'Oh pá, eu a pensar num vestido branco com bolinhas pretas e olha para aqui... Eu não acredito nisto.'. Um expositor cheio deles com casaco igual. A amiga disse: 'Fónix, Lulu, até tou toda arrepiada'.

Lulu continuava incrédula: 'Oh pá, e ainda dizem que não há coincidências'. A amiga concordou 'Pois é, amiga. Agora tens que levar.' 

Lulu escolheu o tamanho M e disse: 'Parece de propósito. E tão barato. Tenho que o levar. Nem preciso de provar. Vou pagar e depois vou ao provador para o levar já vestido'. 

Na caixa, Lulu e a amiga experimentaram os perfuminhos de bolinha que estão no balcão. Lulu resolveu levar um de canela e a amiga um de baunilha.

Quando iam pagar, Lulu, toda ela ousadia, disse à amiga 'Espera, não demoro'. Foi a correr e voltou a correr. Trazia uma fita de veludo preto para o cabelo e umas luvas também pretas. A amiga disse: 'Amiga, se não existisses tinhas que ser inventada'. Lulu sorriu, sentiu-se especial. Pensou: 'Logo, vou contar estas cenas mágicas no blog e no face'

Já cá fora, Lulu feliz da vida com a elegante toilette vestida. Era uma diva. Ao passarem junto à porta da Fnac deram de caras com um homem curioso. Ele ficou a olhar para elas. Elas desataram a rir. A amiga perguntou a Lulu: 'Oh pá, juro... tu não me digas'. Lulu encostou-se à amiga: 'Oh pá, eu não acredito...'. A amiga perguntou 'Este não é aquele?'. Lulu, incrédula, 'Oh pá, eu não digo...? Só a mim... É ele, então não vês que é..? Eu não acredito nisto... juro.....'

E lá foram as duas, de braço dado, a tagarelar e a rir. Quando pararam e olharam para trás, estava ele, também parado, a olhar para elas. Apanhado em falta, disfarçou, olhou para o telemóvel e seguiu.

Lulu suspirou. Ia radiante, única, tocada pela felicidade. Tantas coisas para contar. Parou. Pediu à amiga para a fotografar. Depois disse: 'Espera, Vou já postar'

Passado um bocado estava carregadinha de likes.

_______________



_____________

Sem comentários: