Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, março 01, 2017

O ruedo e a escadinharia de Alfama
[1º de 8 Postais ilustrados de Lisboa, a bela]


Terça feira de Carnaval, dia feriado, dia bom para turistar. Destino: Alfama. 


Pelas ruelas acima, pelas escadinhas abaixo, pelas ruelas abaixo, pelas escadinhas acima, sob arcadas e varandas, por miradouros e igrejas, por largos e larguinhos, pelas ruas carnavalescas da Baixa. Horas. Nem sei quantas. Talvez cinco ou seis, nem sei bem. Almoço numa tasca, comidinha bem portuguesa.

E duzentas fotografias. Um encantamento como se fosse a primeira vez. Um espanto perante a estreiteza dos caminhos, uma admiração alegre ao ver as pessoas a falarem à janela, de casa para casa, e à despedida, 'Ó Helena, já cá venho dar à língua. Agora tenho que ir ali!', outras de pijama e robe a arranjar as unhas à porta de casa, na maior indiferença face aos estranhos que passam quase a perturbar a intimidade doméstica, a boa disposição ao ouvir o palavrear jocoso, vernáculo, uns com os outros, um vizinhar animado.

Difícil é, chegando a casa, vendo tantas fotografias, fazer uma monda e escolher algumas para aqui compor um ramalhete. 

Não fora isto já ir tão longo e faria ainda mais dois postais, um com os azulejos de Lisboa e outro com poesia nas paredes. Mas sei que isto já passou da conta e que a vossa paciência tem limites e, por isso, este que aqui vêem em primeiro lugar, será o meu último post de hoje, o oitavo.

Espero que gostem e, sobretudo, espero que, se puderem, venham visitar Lisboa. Toda ela é liiiinda.










Querendo apenas descfocar os rostos ao casal, tirei-lhes a cabeça.
Melhor disfarce não pode haver.
Mas, como é Carnaval, ninguém há-de levar a mal.



E depois, uma rua mais larga e menos íngreme.


..................

Carminho - Marcha de Alfama



..........................

Descendo, encontrarão os outros sete Postais Ilustrados de Lisboa.

Já a seguir, o que mostra a Sé de Lisboa.

....

Sem comentários: