Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

segunda-feira, março 06, 2017

Aceitam-se inscrições para uma sucursal portuguesa de Naked Boys Reading.
A ideia é lerem, em público, passagens de clássicos.
(Vou ficar à espera, ouviram...?)


Depois das senhoras em trajes menores ali para as bandas do Chiado, nada faria mais pendant do que uns belos saraus literários e que os cavalheiros estivessem em pelota -- não os que estivessem a assistir mas, sim, os diseurs.


Desde já aviso: a especialidade são os clássicos. Em Londres, berço da tertúlia, e nas terras onde levam o corpinho bem feito e a literatura, parece que os Rapazes Nus que Lêem se especializaram nas manas Brontë (Anne, Emily e Charlotte) mas, andando a espalhar a arte de bem dizer a toda a sela desde 2012, certamente já estarão habituados a outras cavalgadas.



Por cá, se quiser seguir a mesma lógica, os homens a lerem textos vintage escritos por mulheres, penso que, por exemplo, ficariam bem a dizer Florbela Espanca. Até já estou a pensar num certo estilista das palavras para dar corpo àquela paixão faminta. Ou, se algum eremita se dispusesse à faena, talvez também a Agustina. Ou um outro que eu cá sei a ler as Cartas de Soror Mariana Alcoforado. Ah, quanta emoção a fazer estremecer-lhe o corpo que, lendo-nos ele aquelas desesperadas palavras, mais nos pareceria um corpinho encarcerado. 


Fica o repto. Aliás, pensando melhor, acho que os bloggers que por aí andam derramando o seu gosto pelas letras melhor fariam em seguir o exemplo da rapaziada aqui referida. Juntem-se, organizem-se. E, se precisarem de uma madrinha para a agremiação, já sabem com quem poderão contar. Ou para amadrinhar a iniciativa ou para os ensaios. É que há cuidados a ter: nada de declamações, nada de debitar maçadoramente. Tem que haver sentimento, comedimento, convicção, leveza. Podia muito bem ensaiá-los, eu. Pensem nisso.

Aqui alguns dos diseurs num momento de descontracção depois do evento

E não vale ficarem inibidos, achando que com essa dad bod ou com essas perninhas pouco musculadas não servem. Servem. Servem muito bem. Quem lá for, irá pelas palavras, pela voz, pela afinidade pela literatura.

Mas, friso, convém que seja literatura que se veja. Cá nada de Valtinhos. Nem nada de José Rodrigues dos Santos e escuso de dizer porquê. Nem nada de Gonçalos M. Tavares, que acabávamos todos com cara de parvos (tipo... what the hell...?). Nem nada de romances de António Lobo Antunes, que acabávamos almariados de tanto ouvirmos andar à roda.

Por exemplo, também não vale conversa da treta. Só se for no fim, para a gente se rir. Uma coisa assim:

Gatos lêem uma historinha de adormecer


Resumindo: urge avançar com a ideia cá pelo burgo. É que, tal como há homens que gostam de mulheres que lêem, também há mulheres que gostam de homens que lêem.

Por exemplo, a este aqui abaixo só falta mesmo tirar a roupa para mostrar que estaria apto a ingressar no clube dos Naked Boys Reading. E nem precisa de ler, sabe o poema de cor. Assim, ainda é melhor.


Mark Grist, escreveu e lê 'Girls who read'



________________

E é isto. Vou ficar à espera. 
Quando se estrearem, meus Caros, pelo menos façam a gentileza de me convidar.

________________

Entretanto, permitam que vos recomende uma visita aos posts abaixo. 
Mulheres em trajes menores e um certo pescador de bruxas. Tudo ali ao Chiado.

..........................

5 comentários:

Maria disse...

Este vídeo também está a preceito. Qual delas escolhia, UJM??

https://vimeo.com/103227182

As malas, bem entendido :)

Boa noite
GG

Um Jeito Manso disse...

Credo, GG. Pois não viu que tive o cuidado de escolher fotografias que não distraíssem a atenção do tema (que era literário)?

E vai trazer aqui um vídeo com tantos adereços...? Onde a literatura...? Onde as palavras? Onde a poesia? Só moda, só malas e nada mais.

:)

Uma boa noite, GG.

Maria disse...

Há lá coisa mais bela do que o nu?
Serão precisas palavras para o apreciar?
:)
GG

Fernando Ribeiro disse...

Se quiser, eu posso ler Cavaco Silva. Leio-o todo nu, está claro, pois foi assim que ele e os da sua pandilha puseram os portugueses. Pode ser?

Anónimo disse...

O Leitor Fernando Ribeiro tem razão! Ora aí está! Pôr os desgraçados e desgraçadas vítimas das malfeitorias reaccionárias da canalha Passos/Portas a ler, declamar e tutti quanti, todos NUS!
E convidar essa banditagem para assistir!
P.Rufino