Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, janeiro 13, 2017

Odeio ser gorda, come-me por favor


E mais não digo.


No MNAC ao Chiado

E por falar em bem-fornidas:


¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨
Ou melhor, já digo. Tenho muito que contar. 



1 comentário:

bea disse...

O que eu gostei mesmo foi do ar do vice presidente Joe e da satisfação de Obama. E nem me interessa para nada a mamuda dos diamantes. Além de tudo, aqueles dois homens são mesmo amigos e admiram-se mutuamente. Sem paninhos quentes, nem subterfúgios. Para variar, foi bonito por ser autêntico. Afinal ainda há pessoas de valor, íntegras.