Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, janeiro 24, 2017

Coisas verdadeiramente inenarráveis



Kristen Stewart é conhecida, na actualidade, não apenas por ser uma boa actriz ou por ter um rosto fotogénico que a torna apetecível por parte de marcas como a Chanel, mas também por ser uma tomba corações.

São vários os que já estilhaçou e deixou, partidos, pelo chão.






Um dos que fez correr mais tinta foi o segundo de que se fala depois de começar a ser conhecida, Robert Pattinson. (O primeiro de que se ouviu falar foi Michael Angarano). Casal na tela, casal na vida real, a surpresa, quando Kristen rompeu o romance com Robert, foi geral. Ali havia química. Mas contra factos não há argumentos: o romance chegara mesmo ao fim. De Robert Kristen passou para Rupert Sanders. A partir daí os romances mudam de contornos. Quem se segue não é um senhor mas uma senhora: Soko. Seguiu-se Alicia Cargile de quem já se falava tempos antes de 'assumirem'. Quando o mundo estava a habituar-se à ideia e a pensar que Alicia era a mulher da vida de Kristen eis que aparece com  St. Vincent, a ex de Cara Delevingne. Mas ela não é de sossegar (ia dizer: sossegar a passarinha como diziam lá na minha terra) e, perto do fim do ano, nova surpresa.  Agora é Stella Maxwell, uma das anjinhas da Victoria Secret que mais câmaras faz disparar, a cair nas garras da felina Kristen.

Nada disto interessaria não fosse dar-se o caso de Trump, na altura em que ela se separou de Robert Pattinson, ter resolvido comentar publicamente, via tweet, a situação. E com isto percebemos, ainda melhor, a craveira do bicho. Que homem é este que assim se mete na vida privada de jovens artistas...? Fico banza com isto. Juro que fico.


Estávamos em 2012 quando Donald Trump decidiu recorrer ao Twitter para comentar a vida pessoal de Kristen Stewart. "Robert Pattinson não deve aceitá-la de volta. Ela traiu-o como um cão e fá-lo-á outra vez. Vão ver. Ele consegue arranjar muito melhor", escreveu na altura o recém-eleito presidente dos EUA, pouco depois de ter sido descoberto o envolvimento da atriz com o realizador Rupert Sanders.

Pois agora, cinco anos depois, Stewart reagiu publicamente ao ataque. "Ele estava zangado, estava mesmo obcecado comigo há uns anos, o que é de loucos. Nem sequer consigo perceber. É um conceito tão fora que nem quero acreditar que aconteceu, é de malucos", frisou, numa entrevista à Variety, que decorreu horas depois da tomada de posse de Trump, esta sexta-feira.
Questionada sobre como se sentiu depois do tweet do multimilionário, Stewart desvalorizou a situação. "Naquela altura, ele era apenas uma estrela de reality TV. Não lhe dei importância", garantiu.
Sabendo da forte presença de Trump nas redes sociais, Stewart apercebeu-se rapidamente de que esta sua intervenção poderá, uma vez mais, despertar a atenção do agora chefe de Estado. "Ele vai, provavelmente, fazer um tweet sobre isto", brincou. 

¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

Este Donald é o homem que, por enquanto, ainda tem mais poder no mundo.
E digo por enquanto pois imagino que rapidamente alguém há-de arranjar maneira de o tirar de lá.

....

2 comentários:

Anónimo disse...

Wishful Thinking, minha cara UJM! Mas, oxalá os Deusas a oiçam! A História, porém, tem-nos ensinado que os populistas sabem como agradar aos incautos que os elegeram e aos que se lhes associam posteriormente, recorrendo a medidas demagógicas, que, pelo menos a médio prazo, resultam. Quer-me parecer que temos Trump para os próximos 4 anos e depois então ver-se-á. Resta saber como este velho continente europeu, vazio de ideias (politico-económicas)e não sabendo bater-se por um futuro melhor, como irá evoluir. Vá lá que por cá, neste nosso burgo à-beira mar plantado, as coisas vão andando bem melhor!
P.Rufino

bea disse...

Andei olhando mas não conheço a senhora e nunca ouvi falar dos parceiros. Trump é quem é e não vale a pena acrescentar, ele acrescenta-se todos os dias. Deus a oiça e dê cumprimento ao que deseja para o presidente dos EUA.