Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

segunda-feira, janeiro 30, 2017

Bring it on
- uma campanha interessante


Não sei onde são feitas as roupas da H&M e até admito que não difira das restantes. Se compramos, queremos bons preços. Quem as produz sabe disso e, naturalmente, ainda quer ter lucro. A concorrência é feroz neste mundo global e os mais pobres são o elo mais fraco, aqueles que, por tuta e meia, confeccionam a roupa que o mundo dito civilizado consome. É assim. Podemos bradar aos céus e rasgar as vestes que dá no mesmo. É assim. Até que alguma hecatombe aconteça e o mundo comece de novo.

Por isso, não vou aqui debruçar-me sobre a consciência social da empresa H&M. Não a conheço. No entanto, conheço bem demais a lógica que impera na gestão das empresas, em especial das que operam em contexto internacional, para me permitir veleidades desse tipo.

Portanto, passando por cima desse pormaior, apenas aqui registo a recente campanha de reaproveitamento de roupa usada. A campanha está bem concebida, o vídeo é interessante, a ideia é boa. E, para já, no meio de tanta estupidez, já me contento com estas (pequenas) coisas.

H&M - Bring it on


Don’t let fashion go to waste. Bring garments you no longer want, from any brand and in any condition, to your nearest H&M. We’ll make sure they get a new life. Go to hm.com to find out more about Garment Collecting and our way to sustainable fashion.


Selon la marque, 5% seulement de nos vêtements sont recyclés au lieu d’être envoyés vers la décharge. Une situation dramatique contre laquelle H&M lutte depuis 2013, l’année où l'enseigne a mis en place son système de collecte dans ses boutiques au niveau international. Depuis le début de l’opération, elle a pu récolter environ 40 000 tonnes de vêtements, rapportées par les clients en échange d’un bon d’achat. Un bon moyen de se faire plaisir sans culpabiliser. 

Depuis 2014, la griffe produit d’ailleurs une ligne fabriquée à partir de pièces récoltées baptisée “Close the loop”. Cette année, la dite-collection accueillera de nouvelles pièces entièrement fabriquées à partir de denim usagé et sera disponible en ligne à partir du 30 janvier 2017.

___

Sem comentários: