Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, outubro 12, 2016

O meu é maior que o teu...?
[Não é que o tamanho importe (muito), claro]


E não é que eu tenha andado a fazer medições... mas essas coisas sabem-se. 

Consta 
-- e atenção, não vale a pena irem a correr confirmar ou ficar desiludidos se o vosso score for inferior (e aqui - sorry Ladies - dirijo-me especificamente aos meus Leitores homens) --
que, em repouso, o vosso em média é rapaz para uns 9 cm.

E consta - e, calma!, aqui também vendo pelo preço que comprei - que o meu é moço, na totalidade, para uns 10 cm --  e isto no mínimo.

E não é que este centímetro a mais fale por si mas tenho ainda mais a meu favor. Dizem - e volto a repetir que não contei, limito-me a papaguear - que a minha glande tem cerca de 8.000 terminações nervosas, uma concentração poderosa. Já a vossa, meus Caros Leitores, não terá mais de metade disto.

Se fossem dados à mitologia grega não ficariam surpreendidos:
Todos estavam curiosos acerca da única pessoa que havia vivido como homem e como mulher em sua vida e a ele perguntaram: "quem desfruta de maior prazer com o ato de amor, o homem ou a mulher?" ao que Tirésias respondeu sem pestanejar: "a mulher, e sete vezes mais!"
Talvez para muitos isto não seja surpresa mas, cá para mim, se sabem andam muito caladinhos, não querem dar parte de fracos.

Outros, os que não sabem, talvez não estejam a acreditar nesta minha prosa. Acharão que ou estou a falar de outra coisa ou, então, que estou a delirar. Estes últimos pensarão que a coisa não passa de um botanito que mal se vê. Pois, pois.

Deixem, então, que passe às explicações científicas.

Clitóris ou clítoris (do grego κλειτορἰς - kleitorís) é, na anatomia, o nome que se dá ao órgão sexual feminino alongado e erétil, localizado na parte superior da vulva, nos mamíferos.


O vídeo abaixo explica a anatomia sexual feminina e desvenda o local aproximado do Ponto G



O clítoris é, na verdade, parecido com o pénis. 

Mas, conforme poderão ver no vídeo abaixo -- e abro uma excepção no meu pacifismo para aqui reproduzir esta metáfora bélica -- este não passa de uma espingarda enquanto o clitoris é mais uma metralhadora. 

Clitoris - Prazer proibido


(Proibido....? Proibido por quem...? Ora essa!)


Mais informação, por exemplo, aqui.

Ah, é verdade, a propósito do assunto, fixem esta (e, se necessário, aprendam antes francês):

C’est de la joaillerie, de la finesse

________

E agora façam o favor de admitir: este meu blog não é mesmo serviço público do mais fino recorte?

_______

E, para quem pensa que esta prosa não é apropriada, passo então à poesia.

De novo:

Figos de D. H. Lawrence (lido por Tom O'Bedlam)



____

E, como não há frutos sem flores, aqui vos deixo uma florzinha.


No entanto, Leitor em comentário abaixo recomenda que eu me dedique mas é à leitura.
Sim senhor. É para já.

Até porque Ler é sexy - dizem.

________________________________________________________

Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma belíssima quarta-feira.

..............................

6 comentários:

Anónimo disse...

post muito bom UJM, escreve com muita pinta e divertimento, na imagem do vídeo antes de clicar play ficava melhor esta imagem - https://novaziodaonda.files.wordpress.com/2016/07/reading-is-sexy.jpg?w=600

pois isto também é cultura-))

Bob Marley

Um Jeito Manso disse...

Olá Bob, bom dia,

Como poderá lá constatar sou muito bem mandada. Não onde sugeriu mas no fim.

E um bom dia para si, Bob Marley!

bea disse...

Passo.

xilre disse...

Estou em crer que o principal orgão sexual do corpo humano é o cérebro. Quando este fica inundado de ocitocina e dopamina e restantes hormonas é que, digamos, se sente muito, muito bem (passe o eufemismo). Ora é a quantidade de ocitocina e dopamina que contam e estas, francamente, não são produzidas pelas terminações nervosas, por muitas que sejam, ou muito localizadas que estejam. O tamanho conta, sim, mas é o do cérebro. É a minha (não muito modesta) opinião, pelo menos.

Uma boa tarde, cara UJM.

Um Jeito Manso disse...

Bea,

E que passe muito bem!

Um abraço.

Um Jeito Manso disse...

Olá Xilre,

Em primeiro lugar deixe que lhe diga que gostei de vê-lo por cá.

Em segundo, saiba que concordo que nisto, como em tantas outras coisas, é sobretudo uma coisa mental. Mas o cérebro tem que ser despertado para que desate a lançar perfumes e a fazer dançar as borboletas adormecidas. Podem ser palavras, pode ser um olhar, pode ser a descoberta de afinidades, pode ser tanta coisa.

E claro que nada disto se mede em centímetros.

Um bom dia para si (caso leia isto na 5º feira)!