Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, setembro 13, 2016

Mas, afinal, o que é que agora andas a fingir que lês, ó UJM...?
[ de uma série de 11 posts com títulos parvos]


Primeiro: acho o cúmulo da parvoíce este tipo de títulos. O que é que vês da tua janela? O que é que estás a ler? - bahhhh, que perguntas mais sem jeito. Faço-o agora apenas porque me apetece armar-me em parvinha.

Segundo: ando com o livro atrás mas ou está sol, não me dá jeito ler, ou está uma paisagem tão linda que quero é olhar para ela, ou estamos a beber um copo cá fora e estamos na conversa ou a mandar mensagens e fotografias para fazer pirraça aos putos, ou dá-me o sono e vou mas é dormir, ou sento-me na cadeira de relax with a view e ponho-mo a ver a view e nem me lembro do livro. Portanto, desde ontem que ando a passear a Sibila que li em tempos e que quero reler agora que estou mais madura (vê-se...) e, de substancial, ainda rien.

Portanto, só mesmo para armar ao pingarelho, aqui vai a fotografia da minha silenciosa dama de companhia.


...

4 comentários:

Anónimo disse...

e o que é que as pessoas andam a fingir que compram? - https://www.youtube.com/watch?v=HxXbrnJ6l4A

Bob Marley


bea disse...

Estar um dia sem ler não me parece desleixo literário. Ou o seu "sem ler" é medido à hora e ao minuto? A Sibila pode esperar: primeiro porque é livro e não se magoa; segundo porque sim.

Um Jeito Manso disse...

Olá Bob,

Esse seu vídeo é o máximo. A capacidade que as pessoas têm de se deixar sugestionar é impressionante. A ver se me lembro de um dia o divulgar. Obrigada.

Dias felizes para si, Bob.

Um Jeito Manso disse...

Olá bea,

Não é isso. É que ando sempre carregada de livros como se fosse aproveitar para pôr as leituras em dia, e trago de vários tipos para o caso de me fartar de um e me apetecer mudar e, no fim, é isto. Ando a passear os livos para nada...

Um abraço, bea.