Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, junho 04, 2016

Ladies and gentlemen, vamos lá que é hora de dançar - the cakewalk dance!


E se eu gosto de dançar. E acho que esta dança, the cakewalk dance, que eu não conhecia, deve ser daquelas boas para dançar quando há reuniões de empresa, daquelas que acabam com bar aberto, banda de rock a abrir e todos os executivos a dançarem como se não houvesse amanhã. Depois, no fim, uns ainda vão à procura de algum bar aberto na cidade, outros vão andar para arejar a cabeça e outros, os melhor comportados, vão para o quartinho do hotel fazer ó-ó.

Ora vejam se não deve ser uma graça dançar uma coreografia destas. Até nas festas de aniversário ou de passagem de ano, isto é bom para se fazer. Vou aprender para ensinar os outros.




A fotografia, tal como as dos dois posts acima, pertence à série Rare Photos Of Victorians Proving They Weren’t As Serious As You Thought

Transcrevo do Bored Panda:
If you've ever looked at pictures from the Victorian era then you've probably noticed that nobody is smiling. Everybody looks so serious that it seems as if people in the 1800s simply didn't know how to have fun. But as these rare pictures prove, that wasn't always the case. 
There are many theories as to why Victorians always look so dour in pictures. Long exposure times made smiling difficult (and by long we mean several hours. Seriously. Ever tried smiling for several hours? It hurts) and the high cost of portraits gave people very little to smile about. Poor dental hygiene made people reluctant to show their teeth (or whatever teeth they had left), and let's not forget that many Victorians simply had it pretty rough back then. But as you can see from the pictures below, some still found something to smile about.
______

Desejo-vos, meus Caros Leitores, um belíssimo sábado.

...

Sem comentários: