Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quinta-feira, junho 23, 2016

Gabor Kiraly, o guarda redes húngaro,
tem um grande estilo, aquelas ceroulas são absolutamente stylish
[E sobre o 3-3 do Portugal-Hungria não tenho assim muito mais a dizer.
Mas estou contente e os caracóis estavam mesmo bons.
E consta que os peixinhos estão a gostar do microfone que o Ronaldo sacou à CMTV
]


Nani e Ronaldo 3 golos no Portugal-Hungria

Claro que toda a gente se juntou a vibrar por Portugal. Fizeram-se apostas. Se não saísse era para uma instituição que precisasse. Se alguém ganhasse, faria o que entendesse. Acho que ninguém ganhou.

Depois vieram as cervejas. 

Primeiro o desconsolo, não se aguentava nós ali todos prontos para vibrar e aqueles atarantados sem se polarizarem.

Depois veio o entusiasmo, as explosões em uníssono. As palmas - apesar das críticas. Os golos de Ronaldo, o quanto tardavam, o até que enfim! pelo qual se esperava.

CR7, 2 golos num dia difícil

Não sei o suficiente para me aventurar a criticar a marcação de cantos, as tabelinhas, o André Gomes e sei lá que mais nem para sugerir que entrasse o Rafa ou este ou aquele ou o outro. 

Mas reparei no guarda-redes húngaro. Muito estilo. 


Parecia-me que estava de ceroulas. Primeiro até me parecia que seriam abaixo do joelho. Mas depois reparei que não, que as usa enfiadas nas meias. E, já percebi, são a sua imagem de marca. Gostei.

Parece que é o mais velho do Euro 2016 e o charme da idade salta à vista. Todo ele é estilo. 


Cá está o Gabor com o que parece ser o Ronaldo
(o CR7está tão escuro, tão marroquino,
que tem alturas que me custa reconhecê-lo)

Ao ir à procura dele na net, li: Gabor Kiraly, Hungary’s veteran goalkeeper who looks more like a portly pub landlord these days.


Noutro site li:

Is Gabor Kiraly the true progenitor of fashion’s biggest trend in 2016: athleisure?


Well, put it this way, he was turning up to work in tracksuit bottoms 20 years ago. Like all true trendsetters he found a look that worked and made it his own.
Gábor Király
um húngaro de 40 anos com muito estilo
So why shouldn’t the 40-year-old cash in on his status as a sartorial icon as he approaches the twilight years of his career? That, in fact, is exactly what the European Championships oldest-ever player is doing, and now you too could wear the sort of grungy joggers that permanently look like they’re in need of a wash. 

E num outro:

“Fans came from Munich to Craven Cottage wearing grey jogging bottoms,” said Kiraly of his trademark attire. “My son was a goalkeeper for the under-11s at Fulham, José Mourinho’s son was also there playing in goal for the under-15s. We bumped into each other a couple of times and chatted as two parents. He is a really straightforward and nice guy.”

Ou seja, o meu olhar clínico não me enganou. O Gabor tem mesmo carisma e pinta.
Ponham-me uma fiada de homens à frente que eu, em três tempos, digo logo qual é que tem pinta. E não me perguntem o que é isto de um homem ter pinta porque, na verdade, estamos mesmo a falar daquele je ne sais quoi que faz toda a diferença. Os cientistas talvez falem em feromonas ou na rápida capacidade de apreensão de que está li um bom reprodutor. Mas isso são os cientistas, não eu. É que eu não sei nada disso, só sei o que acho e mesmo assim que ninguém queira explicações porque não as saberei dar.

Tirando isso, fiquei contente com os golos de Portugal, nomeadamente com os do Ronaldo e por termos passado aos oitavos de final.

Depois do jogo, fomos para uma caracolada e o dia ainda me soube melhor. Uma bela tarde de verão apesar do calor tropical. Agora sobe do rio uma aragem que parece querer tornar-se fresca à medida que a noite amadurece.

___



Quanto àquilo do Cristiano Ronaldo agarrar no microfone da CM TV e o ter atirado ao lago não sei que diga: o que o Correio da Manhã pratica está a milhas de ser jornalismo. Por isso, percebo que uma pessoa que se sinta sucessivamente ultrajada e perseguida por um grupo de gente acéfala a mando de um bando de gente desqualificada, se enfureça e o manifeste. Ataque à liberdade de imprensa não é, pode é ser um excesso. Mas não é tema que me inspire.



____

Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma bela quinta-feira.

Felicidades a todos.


4 comentários:

Anónimo disse...

Uma vergonha, a nossa presença no Euro! Sempre pelo muito poucochinho! Uma tristeza, sobretudo no que era suposto ser um grupo fácil!!!! Enfim, é o destino de um povo/país que se arrasta há anos de joelhos perante tudo. Não vi o jogo, nem pachorra tive. Estava a trabalhar. Limitei-me a ler um ou outro comentário, depois. TV nem "ablar", só futebol. Mas, quando se esperava que passássemos facilmente, lá estivemos sofredores como sempre e a terminar...terceiros do grupo, o tal que era fácil! Patético! E quando se compara com Messi, nessa coisa da Copa, ou lá como se chama, de facto ele é o nº 1, o nosso o nº 2. Por este caminho, Sábado a rapaziada já vem dormir a Lisboa. A ver se passamos a dar importância a assuntos sérios, em vez de futebol. Ainda apanhei uns condutores de bandeirinha nos carros (e também as há nas casas) e a...apitar!!!!! Do caraças! Como tivéssemos sido excelentes!!!!! Este povinho, quando toca a futebol, roça o ridículo!
P.Rufino

Anónimo disse...

Ao ler o comentário do P.Rufino lembrei-me da minha bandeira :-). Comprei-a em 2004 e sempre que há Europeu, Mundial e Jogos Olímpicos ela vai para a varanda até terminar a competição, quer Portugal jogue a final ou seja logo desqualificado. Hoje há mais vergonha em colocar a bandeira do que já houve. Na minha rua só depois de eu a fixar é que mais dois ou três se aventuram! Acho que devia haver mais bandeiras nas casas, sejam elas brancas, arco íris ou pretas. Porque não? Parece que a única coisa que alegra as casas portuguesas são as cuecas estendidas no varal!!!! Beijos para todos. Rita

Rosa Pinto disse...

Eu estava com um camadão de nervos que nem reparei nas ceroulas.
Grande Ronaldo.
Je suis Ronaldo!!!!!

Anónimo disse...

Deixando o futebol de parte (já cansa!), leio, já sem grande surpresa, que esse “talibã” da Direita radical, David Diniz vai para Director do Público. Já não comprava o jornal, só o lia em On-line. Quer-me parecer que até nesse formato o deixarei de ler. A Direita lá vai cavalgando toda a imprensa! Notável trabalho! O “Blogue” da Direita radical, Observador, “perde” um dos seus, mas tê-lo-á como aliado, a fazer o mesmo trabalho propagandístico, no “novel” Público. A Sonae, nestas coisas, não brinca em serviço. Até a TSF (sobretudo esta) e a Antena 1 (esta com a participação de Raul Vaz) não escapam à tenaz da tal Direita radical. Uma chatice! Só falta, um dia destes, um tipo para obter o emprego, ter de se confessar de Direita, de preferência radical.
E vamos a ver o que sucede em terras da Velha Albion. Seja o que for, alguma coisa terá de mudar. Ou pelo menos, assim seria desejável. a ver vamos!
P.Rufino