Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, dezembro 04, 2015

O ex-vice Irrevogável perdeu a pose de estadista? Agora é só bocas, slang, risinhos com o seu láparo de estimação, BFF e muah... E o Passos Coelho passou-se? Virou bipolar ou quê? Tão depressa perde a compostura e ri à porco ao ouvir o Ministro das Finanças, como sobe ao púlpito e dispara à maluca, range os dentes, armado em terrorista de massamá: tiroteio verbal à bruta, ameaças e mais ameaças. Saltou-lhes o verniz todo à primeira contrariedade.


Paulo Portas&Passos Coelho&Cavaco
Best Friends Forever

Muah...
(beijocas mais boas)
Refiro-me, claro, ao comportamento tresloucado de Passos Coelho e Portas -- essa dupla pafiosa, dois histéricos, dois inconvenientes impróprios para se sentarem à mesa de gente bem educada -- no debate da moção de rejeição que apresentaram.

[E, se mal pergunto, para que apresentaram aqueles dois aquela moção de rejeição? Para seguirem os ensinamentos do seu padrinho, el-rei das cagarras, que gosta bué de dar tiros nos pés? Deprimente.]

Aliás, para dizer a verdade, mais do que portarem-se como dois pafiosos, mais parecem duas pafinhas bff.
E são eles e todos aqueles seres mal encarados que mal sabem falar e que se limitam a repetir o script que a dupla pafinha os incumbiu de papaguearem. Aquela Cecília Meireles, então, parece sempre à beira de um ataque de nervos, ar esgazeado, nervosa de tanta raiva que lhe escorre da boca, cara de má (aliás, tem ar de ser má de verdade, má todos os dias). 
Com o que ali vi na Assembleia da República, uma coisa vos digo: esta direita pafinha vai desaparecer não tarda nada. Estão a enfiar-se num beco sem saída e, desinteligentes como sempre mostraram ser, nem vão perceber quando baterem com a cabeça na parede.

Aliás, pensando melhor, acho que não é num beco que as pafinhas se estão a meter: estão a enfiar-se é num saco de gatos. Não tarda vão andar à batatada uns com os outros.
Esta do láparo se rir a bandeiras despregadas, chorando a rir quando algum ministro fala, vai acabar por envergonhar o ex-vice Irrevogável. E, por sua vez, o láparo vai passar-se com as boquinhas palermas do Portas, já que slang não é com ele, não percebe nada disso até porque a praia dele é mesmo abrir portas. Por outro lado, as peixeiras do PSD vão odiar as peixeiras do CDS e não tarda não o conseguirão esconder: a Meireles à bofetada à Teresa Leal ao Coelho, a Cristas ao puxão de cabelo à Pinókia, a Caeiro à rasteirada à Morais.
E mais: acho que, enquanto esperneiam, naquilo que é um patético estertor, o povo português que ainda não captou bem qual a verdadeira essência destes direitolas de meia tigela (porque ser de direita não é mal nenhum; chato, chato é ser não de direita mas um direitolas, um azeiteiro da política) vai, finalmente, ver a tropa fandanga que ali está. 

Nessa altura, acredito que os não sei quantos por cento que votaram PàF vão ter vontade de se enfiar num buraco, arrependidos até à medula. 

Claro que o láparo não vai perceber porquê: toda a gente com a cabeça enfiada num buraco?!?! Porquê?! 
É que ele, como é sabido, é mais bolos -- isso como hobby porque, no que se refere a trabalho, ele é mesmo aquilo de abrir portas (veja-se as portas que abriu enquanto esteve aboletado no governo: a porta da EDP, da REN, da ANA, da TAP, etc, a porta a chineses que querem lavar dinheiro, etc, etc, etc -- fico-me por aqui senão, tanto que haveria a enunciar, não saía deste post e tenho mais que fazer).

E, portanto, tenho dito.
Bye bye, pafinhas, bye bye

Ou, na linguagem acronimática do ex-vice: POQADBC!!!!!!!!!!!!!

....

Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma bela sexta-feira. 
Haja alegria.


4 comentários:

Anónimo disse...

A prestação da Direita na A.R durante o debate sobre o programa do novo Governo foi absolutamente lamentável. Resvalou para o alarve, alvar, irracional, o esgoto, a estrumeira - patético. Portas, Telmo, Passos e restante Gang, extravasaram tudo e mais alguma coisa. A Direita Radical está de cabeça perdida! Habituada às mordomias e prebendas, ao Poder instalado, quando se viu, de um momento para o outro, apeada, barafustou, esperneou, gritou, insultou, expeliu fel, enfim, ridicularizou-se. Metiam pena e asco, ao mesmo tempo. Portas, com aquele ar efeminado-teatral, Passos numa de "chefe de oposição" derrotada, mais pareciam dois matrecos agitados.
Mas, ao vê-los e ouvi-los, confesso que me deu, ao mesmo tempo, um enorme gozo: toda aquela encenação, que transmitia, em boa verdade, aquilo que aqueles fagúncios sentiam, era reveladora do que a Direira Radical – CDS/PSD – pensava, de que tinham sido apeados do Poder, através de um processo Legítimo, Democrático, Parlamentar e Constitucional. E que, pelas mesmíssimas razões, a tal Direita Radical, tinha deixado de governar. A raiva - descabida - daquela cambada fez a minha alegria!
P.Rufino

Francisco Clamote disse...

Um "post" e um comentário que gostaria de subscrever.

Maria disse...

Eles não sabiam de nada

http://www.jn.pt/PaginaInicial/Economia/Interior.aspx?content_id=4912589

beijo
GG

Silenciosamente ouvindo... disse...

Como sempre a amiga diz tudo mtº. bem sobre o que há a dizer.

Se o povo não visse os partidos como os clubes de futebol...

Até quando teremos que aguentar estas tristes figuras?

E os do CDS parece que ainda "estão" piores que os outros...

Bom fim de semana.

Bjs.
Irene Alves