Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, maio 08, 2015

Aquele que chamam Amor que dizem que é um rapaz ceguinho



Sem chão


- Maravilhado estou, senhor, da desenvoltura de Altisidora, a donzela, a donzela da duquesa: bravamente a deve ter ferida e trespassada aquele que chamam Amor que dizem que é um rapaz ceguinho que, com estar rameloso ou, por melhor dizer, sem vista, toma por alvo um coração, por pequeno que seja, nele acerta e trespassa-o de parte a parte com suas flechas. Ouvi dizer também que na vergonha e recato das donzelas perdem a ponta e se embotam as amorosas setas, mas nesta Altisidora mais parece que se aguçam que embotam.

- Adverte, Sancho - disse Dom Quixote -, que o amor nem olha a respeitos nem guarda termos de razão em seus discursos, e tem a mesma condição que a morte, que tanto acomete os altos alcáceres dos reis como as humildes choças dos pastores, e quando toma inteira possessão de uma alma, o primeiro que faz é tirar-lhe o temor e a vergonha; e, assim, sem ela declarou Altisidora seus desejos, que engendraram em meu peito antes confusão que mágoa.



Haut vol


....


Pela segunda vez aqui, dois bailarinos da Paris Opera Ballet, Léonore Baulac e Allister Madin, dançam no telhado do Palais Garnier. Uma coreagrafia de Benjamin Millepied e uma realização de Louis de Caunes.

..

Permitam que vos convide a descer para verem os três posts que se seguem. Para todos os gostos (digo eu)

..

Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma bela, bela sexta-feira. 

Be happy.

Sem comentários: