Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, janeiro 07, 2015

Alô, alô Nicolau Santos do Expresso! Explique lá, se faz favor, mas explique devagarinho e, de preferência, com números, porque é que o Paulo Macedo é um bom ministro.


Não quero cavalgar a onda do alarmismo nem tomar a nuvem por Juno.

Mas, analisando o estado da saúde pública agora, com médicos em sobrecargas desumanas (ouço falar em cerca de 18 horas seguidas! Como não errar ao fim de tantas horas seguidas a trabalhar?), médicos que se recusam a colaborar numa coisa assim deixando as urgências desprovidas, enfermeiros explorados até à exaustão, uma assustadora desorganização nas urgências dos grandes hospitais públicos tantas vezes transformados um verdadeiro caos, como dizer que este ministro tem sido competente?

Como dizer que é competente um ministro responsável por esta situação?

Como dizer que é competente um ministro que faz com que os hospitais e centros de saúde sejam espremidos até ao tutano para, a seguir, em desespero de causa, partir para a contratação de médicos pagos à hora, a 45 euros à hora?

Como dizer isso, Nicolau Santos?


Filas de espera de doentes nas urgências de horas e horas, acompanhantes a dormir debaixo das macas dos doentes, já dois doentes que morrem nas macas enquanto esperam por atendimento depois de estarem horas nos corredores sem serem observados, o bastonário a dizer que devem ser mais os mortos nestas condições (os familiares é que nem se têm apercebido), vacinas que falham e sei lá que mais... e Paulo Macedo é um bom ministro?


Poupe-me Nicolau Santos!



PS: Costumo estar de acordo com o Nicolau Santos mas acho que desta vez lhe passou uma coisinha má pela cabeça pois deu-lhe para louvar o deplorável (e não me estou a referir apenas a Paulo Macedo). Mais uma destas e junto-me ao meu marido: deixo de ler o Expresso e, deixando ambos de o ler, deixamos de o comprar.

Chatice para isto, que parece que os jornalistas, mesmo os mais sérios, volta e meia se deixam contagiar pela conversa dos spin doctors do governo, parecendo até desrespeitar pela inteligência dos leitores. Que farta que começo mesmo a estar do Expresso.

___

Como dá para ver, a imagem provém do blogue We Have Kaos in the Garden.

...

3 comentários:

Joaquim Castilho disse...

Olá UJM

Também eu tive que ler duas vezes o que o Nicolau Santos escreveu . Não dá para acreditar. Logo na semana dos problemas nas urgêncis! Estaria a gozar ou teria bebido uns copos ?

Um abraço

Fernando Ribeiro disse...

O Paulo Macedo é um bom ministro. Claro que é. Ora bem. Não é uma prioridade para este governo a privatização de tudo e mais alguma coisa? Se é, então o Paulo Macedo está profundamente empenhado na privatização da saúde, dando cabo do Serviço Nacional de Saúde. Como a Constituição não o deixa extinguir o SNS, ele torna-o tão insuportável que as pessoas se veem obrigadas a recorrer aos hospitais e clínicas privadas se não quiserem morrer. Resultado: os hospitais privados nascem como cogumelos, enquanto os públicos mergulham no caos.

Do mesmo modo, o Crato é um bom ministro porque está a dar cabo do ensino público, o ministro da caridadezinha Mota Soares está a dar cabo da Segurança Social e por aí fora. Para este governo ultraliberal, tudo tem de ser privado e tudo tem de dar lucro aos privados. Se pudesse, até os tribunais ele privatizava. Ora diga lá, cara amiga, se a política deste governo não está a ser um enorme sucesso!

FIRME disse...

Só a minha singela opinião...Roma não pagou,nunca a traidores.Alternando na Antena 1 com um costa (não do castelo) mas do económico,que nos tempos que correm,tal como a cor do dinheiro dum tal Camilo não ( castelo),não sei pra que servem...!Voltando ao sr Nicolau e á sua pirueta opinativa,á falta de pior ,meteu-se na embrulhada em que a saúde está sendo embrulhada... não em boas mantas ,que a estação bem fria requeria,mas em safar a pele do que os aldrabões ainda se orgulhavam !Azar...Bem podia esperar que o frio não fosse tão cruel,para então fazer o BALANÇO,deste mal sucedido cobrador de impostos,virado cobrador de TACHAS imoderadoras.A renda publicitária,da D.BANCA,NÃO LHES compensa as vendas das suas opiniões,cada vez mais fracas! Depois o telefone toca dum IMATURO,qualquer...Olhem lá o que dizem?!!! O CHEQUE do próximo mês esta preenchido...Mas não assinado...E meigamente ,qualquer atrapalhado pai de família ,toma cuidado com o que diz !É a vida...FRASE COM QUE ESTES FULANOS,deitaram quase abaixo outro PRIMEIRO!!! Deitaram mesmo...Garante o meu espelho.!