Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, outubro 28, 2014

Ulrich acredita que testes de stress confirmam que BPI está no caminho certo. CaixaBank vai apoiar BPI em estudo para a compra do Novo Banco. Faltam sair 78 trabalhadores para o BPI cumprir plano de reestruturação acordado com Bruxelas. O banqueiro dos Monty Python mostra com quem é que o Ulrich e outros como ele aprenderam.





E ainda mais esta da Maria Luís Albuquerque, essa presciente criatura que não há muito assegurava que o BES estava solid as a rock, blindadésimo e rodeado por uma big almofada:

A ministra das Finanças Maria Luís Albuquerque considerou nesta segunda-feira, 27 de Outubro que os resultados dos exames conduzidos pelo Banco Central Europeu (BCE) "evidenciam que o sistema bancário português está hoje mais forte, apesar das dificuldades que passou".


Sim, sim, claro.

E ainda um outro, um que volta e meia lhe dá para se fazer passar por La Palice e que até parece que há uns meses atrás tinha avisado para a barracada do BES:

Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, considerou que Portugal não tem um problema na banca, salientando a resiliência demonstrada pelo sector na sequência do colapso do grupo Espírito Santo. "Em Portugal, a questão dos bancos não é uma questão. Está controlada", disse. Ainda assim, acrescentou, "é possível fazer mais": "os bancos podem ser incentivados a aumentar os fundos próprios ainda mais se necessário" e criar mecanismos para que os prejuízos sejam detectados "atempadamente".

Ora bem. Se cá nevasse fazia-se cá ski. 


Isto neste País são só mistérios. Depois de ter ouvido a semana passada que o resultado consolidado do BPI a Setembro deste ano é negativo em cento e tal milhões, hoje ouvi por todo o lado o Ulrich todo gabarola, que o BPI é do mais sólido que há, que tralala, tralala. Faria se estivesse nos lucros e não nos prejuízos.

Mas, claro, estando tudo um mar de rosas, ainda há, contudo, algumas coisas a cortar. Mas nada de mais.


Depois de tantos que já saíram, 78 funcionários ainda a mais no BPI...? Não há problema: saem não tarda. E, com as gorduras todas aparadas,  talvez se consiga comprar as sobras do Novo Banco. O que é isso? 78? Só? 78 pessoas são peanuts, melhor: amendoins (que em português ainda parece coisa mais insignificante). Além disso aguentam bem o desemprego, então não? Aguentam, aguentam. 


Portanto, já que com esta gente não se aprende nada nem se vai a lado nenhum, passemos para um ilustre executivo, um em quem os Ulrichs, Salgados, Horta Osórios e quejandos se devem inspirar na sua actuação quotidiana.


Aqui o nosso homem mais abaixo, esse sim, teve mesmo que ir ao osso: até teve que dispensar um cavalo de pantomima.





....

3 comentários:

lidiasantos almeida sousa disse...

Esta do Ulrich está muito boa.

Quando o dono e Presidente do BPI Dr. Artur SANTOS SILVA, inquirido sobre a opinião do seu empregado Ulrich, respondeu ao Jornalista: Isso é a opinião dum bancário e não de um banqueiro.

Agora Santos Silva vendeu as suas ações no BPI e tem apenas um cargo Honorifico, pois não estava para aturar um "MANEQUIM DA RUA DOS FANQUEIROS" sempre em bicos de pés a botar faladura.

Sabem qual é grau acadêmico do Ulriche e da sua mulher funcionaria do PSD? É um curso da treta numa suposta universidade Judaica. Vou mandar uma colagens para o e-mail

FIRME disse...

O tal ULRICHITO,faz parte dos 78? Se for o caso ,logo que deixem mexer nos meus euritos,bloqueados no banco com quem nada tenho a ver,pois eu fiz depósitos no BES,EXTINTO,ainda poria a hipótese,BPI !!! Eu não sou cliente do novo banco ...Estes senhores são assaltantes!

lidiasantos almeida sousa disse...

UJM quando publica algumas das minhas colagens para os seus comentadores rirem um bocadinho. Vou mandar uma do ULRICH

Amanhã vou s Vila Nova de Milfontes, matar saudades com o meu amigo especial ALAIN.

Porque não está no Face, é giro, barato e dá Frisson. Arranja-se uma
discussão enquanto o diabo esfrega um olho

Mil beijos para a equipa e para o Refino