Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, agosto 20, 2014

Revistas femininas e horóscopos







Dantes, quando eu começava de férias e íamos com os miúdos para qualquer lado, a primeira coisa que eu fazia mal chegava ao hotel era ir à procura da tabacaria e comprar uma revista daquelas ditas femininas. Não me perguntem porquê. Era como se, estando de férias, me apetecesse fazer tudo ao contrário do que fazia em tempo de trabalho. Depois, em três tempos estava a revista lida e fim de história. Ficava a vontade de excentricidades (excentricidade por me permitir ser perdulária dessa forma) satisfeita até ao ano seguinte.

Depois, quando ia ao cabeleireiro, tirava a barriga de misérias. Aí lia de tudo, desde a Hola, à Caras, à Nova Gente, tudo a que conseguisse deitar a mão enquanto lá estava.

Entretanto, deixei de ir ao cabeleireiro. Deixei de ter paciência para desperdiçar o meu precioso tempo com idas ao cabeleireiro ao fim de semana e corto o cabelo a mim própria e, no que diz respeito a pentear, quanto mais despenteada melhor me sinto e, portanto, despenteada por despenteada, despenteio-me em casa que sempre é mais rápido e me sai mais barato.

Por isso, agora, revistas femininas só aquilo a que consigo deitar o olho enquanto estou na fila da caixa do supermercado.

Mas quem parece que herdou os meus velhos hábitos é a minha filha. Apareceu com a Vogue e ontem, no supermercado, deitou a mão à Lux Woman. 

Nada que ler mas anúncios engraçados, razoáveis produções de moda, apontamentos fotográficos com alguma piada. Uns sapatos Dolce and Gabbana de perder a cabeça, um verdadeiro ovo de colombo: na aparência, de longe, saltos altos finíssimos mas, afinal, estão dentro de outros transparentes mais largos, um salto que é um verdadeiro jardim de inverno. Que problemas resolveriam na calçada lisboeta e que bom andar devem proporcionar. E que beleza, senhores, flores preciosas all over.

Quanto custará uma obra de arte destas? Certamente para cima de uma fortuna. O jeito que me daria se as minhas finanças levassem um incremento dos valentes.


Tirando estas frioleiras, só os horóscopos.


Sou toda da lógica, dos números, vocês sabem: é essa a minha formação académica e a minha vivência profissional. Mas depois tenho umas derivas. Em tempos quis perceber se há alguma coisa racional que sustente a astrologia. Li e li. Pois bem: nada. Contudo há uma coisa daquelas em que se diz que contra factos não há argumentos. Quem se interessa pela coisa são os estatísticos. Estudos com séries longas e amostras muito representativas encontraram coincidências a níveis vários entre pessoas do mesmo signo. Sou capaz de ter o livro para aí mas agora não dá para ir à procura, meio mundo já está a dormir. Quem diz estatística, diz probabilidades e os estudiosos uma vez mais encontraram coincidências em eventos ocorridos ou formas de os abordar entre pessoas dos mesmos signos. Explicação científica? Nenhuma. Mas que encontraram, encontraram. E eu, nestas coisas, acho que talvez um dia a ciência descubra.


Não me puxa para o esoterismo ou para a parapsicologia, isso nada, zero, mas não fecho a porta a explicações futuras.

E assim sendo, o que li para mim, caranguejo dos quatro costados, foi:


Da Lux Woman

As suas finanças poderão registar um aumento, com a entrada de Vénus na área financeira. A Lua Nova de Virgem, a 25 de Agosto, poderá trazer-lhe novas oportunidades para viajar. Mantenha sempre em mente a sua casa e a sua família. Obrigatório: Reavaliar os seus objectivos. Data memorável: 21 de Agosto.


Da Vogue

Durante este mês os seus sentimentos vão estar voltados para o lar e para a família. A nostalgia que sentir ao rever aqueles velhos álbuns de fotografias vai ajudá-la a arrumar as memórias do passado. Pode também este mês encontrar aquela casa com que sempre sonhou. Siga a sua intuição, as suas reflexões e percepções pois neste tempo estará sintonizada com a ordem do Universo, que a ajuda a contactar com os seus sentimentos.


Gosto. Há coisas que batem certo:

Poderá trazer-lhe novas oportunidades para viajar - espero que sim, dentro de dias conto fazê-lo; ainda não sei para onde mas para algum lugar será.

Mantenha sempre em mente a sua casa e a sua família. Durante este mês os seus sentimentos vão estar voltados para o lar e para a família. - não é só este mês, é sempre, mas este está mesmo muito intenso.

Siga a sua intuição, as suas reflexões e percepções pois neste tempo estará sintonizada com a ordem do Universo, que a ajuda a contactar com os seus sentimentos. - também é sempre mas, especialmente quando estou aqui, in heaven, fundo-me com a natureza e sinto-me parte ínfima mas privilegiada do vasto universo


E há outras que seria bom que também batessem certo:

As suas finanças poderão registar um aumento - daria muito jeito. Comprava sapatinhos floridos para mim e para todas as meninas da família.


_


A música é Voodoo Child (Jimi Hendrix) na interpretação de Angelique Kidjo


__

Sem comentários: