Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, agosto 06, 2014

Cabelos, maquilhagem, toilettes e acessórios para o Verão 2014 - as escolhas da 'Jeitosa mais Mansa' (para o menino e para a menina). E ainda uma revelação de Hillary Clinton testemunhada pelo talentoso André Carrilho.


No post abaixo já falei das minhas dúvidas e perplexidades a propósito do caso BES, dos poderes absolutos do Carlos Costa-o-mau, de toda esta atitude de quero-posso-e-mando por parte de quem parece que andou a dormir na forma durante quase um ano, da ausência do homem da manta rota, e dos accionistas que ficaram limpos como se tivesse sido vítimas de um arrastão e, ainda, de mais umas quantas coisinhas como, por exemplo, do Mr. Rato.

Mas isso é a seguir. Aqui, agora, a conversa é outra.



It's all for you...




Se pensam que por aqui se fala apenas em economês ou que há alguma pendência contra os maraus do governo e arredores, estão muito enganados. Dito de outra maneira, se pensam que, para terem coisa leve, levezinha, têm que ir a blogues de pipoquinhas mais doces, estão muito enganadinhos. 

Aqui a Jeitinho tem um lado muito fresco e fofinho que pode não ser muito divulgado mas que é do melhor que há.

Falemos pois de Verão.

Meninas do meu País: nada de andarem por aí todas mal enjorcadas. Andar à vontade não é sinónimo de se albardarem com o primeiro trapo que tiverem à mão, com cara de quem acabou de se levantar da cama, com o cabelo à balda e os olhos mal amanhados. Não senhor. E nada de desculpas porque não é precisa muita mão-de-obra nem muito carcanhol. 

Ora então vamos lá a umas dicas:


Cabelos e maquilhagem para peles claras


Cabelos despenteados, olhos inocentes, sombreados a azul-marinho, lábios nus

___

Corte de cabelo e maquilhagem para morenas


Corte de cabelo acima dos ombros, estruturado, olhos sombreados com malícia e profundidade marron, lábios nus

___

Peças de vestuário e acessórios versáteis para levar para férias e para andar na cidade - o estilo moderno e desconstruído

Peças que permitem utilizações variadas, assimétricas, coloridas ou não: é o street chic para quem tem a juventude na alma


___

O Street Casual (com óculos de aviador) - o estilo mais clássico e arrumadinho


Fica sempre bem: jeans ou calças justas, camisa branca, casaquinho branco, carteira branca: bem em qualquer situação, em qualquer idade, dando sempre a ideia de que quem assim veste não parte um prato. Pois, pois.

___

Finalmente, para não me acusarem de ser sexista, aqui vão uns modelitos para cavalheiros


Para os malandros de qualquer idade e condição social


___


As quatro primeiras fotografias são da Harper´s BAZAAR. A última é do The Sartorialist

A música é Video Games pela Lana d'El Rey.

___


Como brinde tenho ainda uma outra coisinha. 

Não sei se sabem que temos um ilustrador cujo mérito já anda pelos corredores da fama. Chama-se André Carrilho e trabalhos seus podem ser vistos a ilustrar artigos da prestigiada Vanity Fair. Agora está em destaque num artigo com alguma piada intitulado Hillary Clinton Crosses the Bridge


I am always being asked, “Will you run for president in 2016?”

- The honest answer to that question is I haven’t decided yet.


Palavras de Hillary Clinton, ilustração de André Carrilho


____


Relembro: para coisas besantinas que me atentam o juízo (porque não as consigo entender), desçam por favor até ao post seguinte. E se souberem explicar-me que coisa foi esta que o Carlos Costa fez - mas como se explicassem a uma criança de 4 anos ou a uma loura muito, mas mesmo muito burra - por favor estejam à vontade.

____


Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma bela quarta-feira.



1 comentário:

Anónimo disse...

Gosto de ouvir a Lana del Rey. Um dos meus filhos é grande apreciador das suas músicas. Mas, já que falamos de música, permita-me uma sujestão: Tomomi Nishimoto, a maestrina japonesa de excepcional talento. Vim a “conhecê-la” apenas há pouco mais de um par de anos (em CDs que adquiri e me ofereceram), confesso a minha ignorância até então. Mas, é magistral! No You Tube, vim a encontrar muita coisa dela e sugiro uma, a de ela a dirigir uma orquestra sobre o “Bolero de Ravel”. Simplesmente fabulosa!
P.Rufino