Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

segunda-feira, fevereiro 24, 2014

Vencidos e vencedores. O frágil e o forte. O esquilo e o falcão. ----- Ou as maravilhosas surpresas da natureza.


No post abaixo já expliquei porque me despi de sedas e veludos, de chapelinhos e brocados, de ambientes fechados e cabelinhos bem penteados. O blogue mudou-se para o lado verde da vida, o cabelo agora é como ele é, selvagem, e as cores fortes da vida estão de volta. Abaixo os congressos feitos para entreter atrasados mentais, abaixo os parvalhões que têm um QI abaixo do de uma pedra, abaixo as televisões que dão importância a porcarias destas em vez de darem realce ao lado bom e belo da vida.  E abaixo o inverno e o cinzentismo que embota as mentes.

Mas sobre isso falo no post a seguir.

Aqui, agora, mostro-vos um filme maravilhoso. Maravilhoso. Maravilhoso.

Nunca, mas nunca, meus Caros, nos entreguemos antes de tempo, nunca, mas nunca por nunca, entreguemos os pontos. Até ao lavar dos cestos é vindima. Vejam, por favor.

Foi um Leitor que me enviou e eu fiquei encantada.


I'm little... but I'm a great winner


(Ah pois és, ó esquilinho valentão!)


*


1 comentário:

Anónimo disse...

Que maravilha! Como é possível fazer um filme destes, é o que me pergunto!
P.Rufino