Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, maio 16, 2018

Volto a perguntar: de que é que os Sportinguistas estão à espera para correrem com o Bruno de Carvalho?


O estilo arruaceiro num infantilóide narcisista e a falta de vergonha num bronco desprovido de estrutura intelectual e emocional só podia dar nisto. Uma vergonha. Um dia triste para o futebol, para o desporto e para o país. Para o Sporting, então, é um dia de vexame e de luto. E, espero bem, também o dia de perceberem que nunca é bom compactuar com o rebotalho.

2 comentários:

Smiley Lion disse...

Mas, cara amiga, essa parece não é a linguagem do Azevedo Carvalho?

Sou seu leitor, relativamente frequente, e não a t com alguém democraticamente eleitoinha visto defender "correr"!!!

Realmente o futebol retira a racionalidade ás pessoas.....

Abraham Chevrolet disse...

As claques, com toda a subtileza que se lhes reconhece, são o manancial de espírito desportivo que dá a entretela aos dirigentes dos clubes portugueses e aos finos comentadores ditos desportivos que vão ganhando a sua côdea, glosando ou inventando cenários de espantar!
Broncos, mas não burros de todo,nem um só das duas classes (?) citadas estava no cenário dos acontecimentos... coragem tem hora e que perda para a Nação seria se algum se assustasse...nos jornais,na televisão,no camarote são umas feras,basta ouvi-los agora! Dar o corpo para espantar energúmenos que fugiriam como ratos se encontrassem oposição,está bem,está...
Sai a música do Alexandrino Antigo ou do Mouraria, que para o Corrido nenhum desses "heróis" tem pernas!