Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, maio 11, 2018

Eizios, outra vez


Vocês desculpem-me mas isto é muito bom. Por isso, lamento, mas tenho que reincidir. O meu amiguinho secreto, o algoritmo do YouTube, que me conhece os fraquinhos todos, todos, percebendo que eu gosto é de maluqueiras a preceito, hoje apareceu-me outra vez com eles, com o Wilson, Keppel & Betty. 

Alguns Leitores já me disseram que aqui vêm não para ver vídeos mas para ler o que escrevo. Ora, eu podia levar isso em consideração e poupar-vos aos vídeos que me enchem as medidas. Mas não dá: tenho que partilhar convosco mais este. Mesmo, mesmo. Não sei bem porque é que os gramo tanto. Parece que aquilo é uma coisa que ninguém se ia lembrar de dançar, uns passos do além, malucos, malucos, malucos. E parece que ninguém tem uma cara daquelas (refiro-me aos dois estarolas), umas perninhas daquelas (ainda o Wilson e o Keppel), parece que não é possível uma coisa destas há quase 100 anos. Muito à frente. Muito.