Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, maio 01, 2018

3 Anedotas e 1 Apelo a sério


Introdução

No que se refere às duas primeiras histórias, nada contra os alentejanos, muito longe disso. E agradeço ao Leitor que mas enviou.

Já quanto ao anormal do vídeo que se lhes segue, é ver para crer. Imagino o que ela pensou e sentiu durante a anedota que se passava ao seu lado. Nem discuto a veracidade do que ele disse. Mas o que é verdadeiramente surreal é a falta de educação, a falta de bom senso, a falta de tino. Não há palavras.

O último é para os meus Leitores que não são dados a frescuras. Coisa a sério, portanto.

-------------------------------------------------


No dentista em Borba


- O seu dente está morto!

- Atão, nesse case, arranca-se, nã é sr. Doutori?

- Bem, se quiser posso pôr-lhe uma coroa...

- Nã, nã, doutori... ê prefiro enterrá-lo sen cerimónias!


-----------------------------------------------------------------

Os óculos do alentejano

Um Alentejano foi de visita à China e comprou um par de óculos cheios de tecnologia que permitiam ver todas as pessoas nuas.

Manuel coloca os óculos e começa a ver todas as mulheres nuas. Fica encantado com a descoberta chinesa.

- Ponho os óculos... só vejo mulheres nuas! Tiro os óculos... já as vejo vestidas! Que maravilha! Isto sim é tecnologia!!!

E assim foi o Manel para o Alentejo, louco para mostrar a novidade à sua Maria.

No avião, maravilha-se ao máximo vendo as hospedeiras e as passageiras todas nuas. Quando chega a casa, entra já com os óculos postos para abraçar a sua Maria toda nua. Abre a porta de casa e vê a sua Maria a conversar com o seu vizinho, todos nus sentados no sofá. Tira os óculos... todos nus! Põe os óculos... todos nus! Tira os óculos... todos nus! Põe os óculos... todos nus!

 E Manel exclama:

- Olha... já avariaram... Estes produtos chineses são mesmo uma merda!


------------------------------------------------------------

Donald e Angela - momentos de empatia



----------------------------------------------------

E agora uma coisa a sério: um apelo a que é bom que toda a gente dê ouvidos


................................................

Até já