Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quinta-feira, agosto 17, 2017

Assuntos a mais e disponibilidade a menos


Não sei bem o que dizer. Não é falta de assunto, é o contrário. Montes de temas, desde o Passos Coelho no Pontal, a dizer palermices em catadupa, a Ágata na lista do CDS a mostrar às escâncaras a cabeça oca que é a Cristas e, por outro lado, os resultados do crescimento, da descida do desemprego e do aumento dos níveis de confiança. Duas soluções em confronto, uma perdedora, desgraçada, humilhante e indignificante e outra que transporta esperança, inclusiva, que mostra bons resultados.


Depois há o tema dos incendiários que parece pulularem por aí, pirómanos que não sei se não se sentem estimulados pelas over doses televisivas. 

A acrescer à desgraça das florestas a arder, mais a tragédia de uma árvore a vir desabalada para cima dos crentes e agora, que o mal aconteceu, ninguém a querer ser dono do terreno onde estava a árvore.

Lá por fora, é o anormal do Trump que, de cada vez que é deixado desencabrestado, o que é praticamente sempre, só faz porcaria, mas porcaria da grossa. Não sei dizer se ele é racista, xenófobo, estúpido, parvo, cretino, anormal, se é tudo junto em doses explosivas. O mundo sujeito a um estupor destravado à frente da sua principal potência. Ridículo e assustador.

E há a seca e os fenómenos climatéricos extremos por todo o lado: temporais, enxurradas, chuvas diluvianas, temperaturas insuportáveis. O ambiente a estrebuchar, o planeta em desequilíbrio. E meio mundo sem perceber o caminho que isto está a levar.

E, portanto, é isto. E mais cinquenta mil frioleiras a que, tivesse eu tempo e disposição, deitaria mão para lhes chamar um figo.

Mas não dá. Só consigo escrever se tiver tempo e disponibilidade para tal e esse, hoje, não é o caso.

Portanto, fico-me por aqui e, se conseguir, lá mais para o fim da noite, pode ser que cá volte.