Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, outubro 01, 2016

Agora prepara-te que vais levar uma estalada!


Alicia Machado: antes
Ora, então, muito bem. É fim de semana e eu não estou para grandes filosofias. Nem grandes nem pequenas. E quem diz filosofia diz astronomia (astronomia ou astrologia?) ou mesmo agronomia. Quanto muito gastronomia. Por acaso o meu jantarinho foi supimpa: costeletinhas de borrego grelhadinhas com uma lambusadela de mostarda, acompanhadas de migas com couve. A seguir uma pera cozinhada a baixa temperatura em Porto e mel. Bom. Calorias a mais, claro. Mas e daí? Amanhã faço doze quilómetros de corrida e rebato o mel que a esta hora banha os meus interiores.

Mas sinto que não devia desiludir os meus Leitores que tanta paciência têm comigo. Tenho estado a ler aquele livrinho de escrita boa e, volta e meia penso: 'ah, este naco eu tenho que servir aos meus leitores' e começo a tentar perceber onde assento a lâmina para baixar o cutelo e desligar a posta do resto. Vou andando pelo corpo do livro, e 'corto aqui?', 'corto ali?' e nisto vão passando as páginas e eu sem saber como fazer para que a suculência chegue intacta até vós. Mas ainda não achei que a minha técnica estivesse apurada para cortar sem que o que aqui lessem fosse bonsai de luxo e não órgão amputado.

Alicia Machado a caminho de ser 'depois'
Desisti, pois, da empreitada.

Ainda pensei falar da tal Miss Piggy que ainda é muito bem capaz de resolver o imbróglio das eleições americanas. O Pato Donald, cá para mim, escolheu mal a gorda com quem se foi meter. Claro que ele já anda na base da ameaça e da chantagem (referências a fitas gravadas, insinuações de pornografia) mas Alicia Machado não é uma qualquer. Talvez seja, justamente, esta ex-miss universo que o vai tramar.


In the first presidential debate in New York on Monday, Hillary Clinton spoke about Machado, whom Donald Trump called ‘Miss Piggy’ and publicly humiliated following her 1996 Miss Universe win, and continues to criticize now. Now an actor, singer, entrepreneur and activist, Machado is speaking out about her experiences with Trump and campaigning for Clinton

A ex-Miss universo Alicia Machado diz que sabe do que Trump é capaz



Mas, senhores, daqui a nada são duas da manhã de sábado e era preciso que eu estivesse mesmo a dormir para, num exercício de sonambulismo, aqui me pôr a gastar o meu precioso latim com um pato com cabeça de banana.

Por isso, não me levem a mal mas vou passar adiante e vou mostrar um de uma série de vídeos com que já para aqui estive na risota. Mas não escondo. Olho para isto, nomeadamente para o vídeo que aqui vou colocar e penso que não está certo. Aqueles do primeiro beijo ou mesmo de outras primeiras coisas ainda vá que não vá: peace and love é coisa para ninguém levar a mal, Agora andar ao estalo...?! Ainda me lembrei que estalo por estalo mais valia ir à procura do vídeo em que, no meio de uma maluquice destas, uma criança se reusava a agredir o outro. Mas isso está tudo muito bem, assim é que deve ser mas é aquilo do dono que morde o cão. Se os meus Caros esperam encontrar aqui conversa pia e aprumada então saibam que vieram ao engano. 

Portanto, o que vão ver é cena de estalo puro e duo. Que eu me farte de rir com tanta violência não é de estranhar. Gente maluca geralmente diverte-me. Aliás, até teria graça que as psicólogas que andam pelas empresas a promover cenas que melhorem o clima organizacional, dinamizassem uma coisa destas. Estou aqui toda sorridente a pensar nos tareões que aproveitaria para dar nuns e numas mariolas que eu cá sei.

Vejam vocês. Se isto vos der vontade de chorar, peço que tenham a caridade de não me dizer para eu não me sentir infeliz com a minha insensibilidade. Mas se, pelo contrário, vos der vontade de rir, não se entusiasmem e não desatem a fazer a eito o que abaixo se mostra. Não é por nada mas, para que funcione, é bom que haja antes um casting para garantir que a malta tem a cara calejada e que, ao mínimo estalinho, o outro não se ponha com funfuns e gaitinhas.

The slap



Gandas malucos.
E adivinhem a qual é que eu acho uma graça big size.

____

E agora, meus Caros, sigam para o vídeo abaixo porque é matéria que, podendo parecer que não, contém matéria prudencial. Despe-me.

___

4 comentários:

Rosa Pinto disse...

Acho que nunca estarei preparada. Adiante.
Agora preparada estava - sei de certeza - para as tais costeletas de borrego com migas de couve. Mas fico-me por uma salivação abundante.

bea disse...

Não é assim tão bom de ver (continuo a pensar que se fazem sessões de tudo e mais alguma coisa)...mas gostei do pequenote que saltou e deu um estalo no Golias

Um Jeito Manso disse...

Olá Rosa!

Eu acho que nem conseguia dar... Hoje, ao falar nisto, queria mostrar a maluqueira daquilo e nem ao de levezinho consegui imitar. E nem sei como me sentiria se levasse uma estalada. Mas, enfim, há malucos para tudo.

Quanto às costeletinhas com as migas... nham nham...mesmo boas...

Um Jeito Manso disse...

Olá bea,

Mas tem razão: pasmo com as palermices que inventam. E para cada palemice invntam mil derivações.

Mas aquele pequenino a saltar para atacar o grandão é mesmo o máximo!