Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, janeiro 19, 2016

Marcelo acha que a criança tem as unhas muito grandes, que tem mesmo que as cortar. O Cavaco não diz nada, diz que já deu para este peditório, quer lá ele saber que a malta se abstenha.



Tirando isso, só a Maria de Belém que diz que, do PS, é ela que é a Candidata. Esquece-se do Hênrí, do Tino e do Cândido (e não sei se o outro estranho dos óculos também não será). Portanto, alguém que esclareça a pimpolha.

E não tenho mais nada a dizer a não ser que nunca me aconteceu tal coisa: estou a dias de umas eleições e não faço ideia do meu sentido de voto. 

Continuo como estava no princípio: ou o Nóvoa, que, até agora, não me convenceu por aí além, ou na Marisa, que não faço ideia se daria uma boa presidente (o meu marido encolhe os ombros, e com ar de quem não gosta de grandes manifestações afectuosas, diz que ela se ri muito, que se abraça muito, que lhe parece tudo muito e, como se uma coisa tivesse a ver com outra, pergunta-me: mas tu achas que ela alguma vez poderia ser Presidente da República?). Pois. Mas eu acho que o PS geriu este assunto com os pés, ao Nóvoa acho que lhe falta um je ne sais quoi e na pimpolha sonsinha nem pensar. Ora a Marisa parece-me genuína, esforçada, bem intencionada, bem informada, trabalhadora, com uma visão moderna do mundo. Portanto, se é para o Marcelo ir mesmo para Belém, como tudo parece apontar, ainda estou mas é capaz de ajudar a atirar mais umas pedradas para o charco e votar nela. Tenho até domingo para me decidir.

(Entretanto, para ir sentindo o ar do tempo, vou lendo declarações de voto alheias).

...

Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma bela terça-feira.

2 comentários:

Silenciosamente ouvindo... disse...

Penso exactamente o mesmo, sendo que até ao momento também
estou inclinada para a Marisa Matias.
Mas que eleições tão sem graça.
Bjs.
Irene Alves

Anónimo disse...

Subscrevo-a, bem como a Leitora "Silenciosa". Enfim, até Domingo ainda há vindima. A posição, titubeante, de A.S.da Nóvoa sobre aquela decisão infeliz do TC foi um embaraço. Haveria que ter uma posição. A ver vamos como a campanha evolui. E se o Professor das unhas compridas se ficasse pelos 49/48% ? Haveria de ter graça. Dava algum ânimo à campanha. Quanto ao Cavaco...
P.Rufino