Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, janeiro 20, 2016

Debate na RTP entre os candidatos às eleições presidenciais: Henrique Neto



Acredito que Henrique Neto seja uma pessoa estimável. Tem uma vida que não deve ser menosprezada já que tem sabido conciliar uma vida activa de empresário com uma intervenção cívica frontal. Contudo, há nele uma obstinação que o leva a, discordando de alguma coisa, centrar aí toda a sua luta como se o que está à volta tivesse deixar de interessar. 


No debate, falou de algumas 'vergonhas' que aconteceram esta semana (e são, de facto, verdadeiras vergonhas: tem razão Henrique Neto) e garante que, se fosse Presidente da República, alertaria para o facto de que não deixaria passar poucas-vergonhas. Certo. É importante que, em Belém, não esteja uma múmia nem alguém que pareça ter sido lobotomizado relativamente a medidas de uma certa natureza. Contudo, pede-se mais a um Presidente. Mais.

Numa escala de 0 a 100, talvez um 5. 


Sem comentários: