Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, novembro 18, 2015

Acho que vou ser recebida pelo Sr. Aníbal Cavaco lá para 3ª feira da semana que vem, que é o dia que (consta) ele destinou às cabeleireiras. Só espero é que não venha pedir opiniões sobre bananas que eu, quando me puxam pela língua, não respondo por mim.


Esta quarta-feira o esposo da D. Cavaca vai receber, um a um, os banqueiros mais importantes. Os banqueiros que não forem convocados já sabem que não são importantes, não riscam. Um a um, lá vão eles, em filinha de pirilau, dizer o que acham, se curtem mais o Costa a governar ou o Láparo a fazer de conta. No dia seguinte, ouvi dizer que vão os economistas. A seguir já ouvi dizer que vão os taxistas. Ao sábado e ao domingo, o casal não recebe visitas. Na 2ª feira parece que vão os maquinistas da CP e, na 3ª, finalmente lá chega a vez das cabeleireiras. Não é que eu seja bem, bem, cabeleireira. Mas, enfim, quando era pequena queria ser e sempre pratiquei na família. Ainda corto o meu cabelo e o do meu marido. E o de quem calha. Por isso, já fui honrada com o título de cabeleireira Honoris Causa e quase ia sendo agraciada com uma comenda pela Srª D. Cavaca, que este é o pelouro dela, que ela é que é mais costureiros, cabeleireiras e calistas.

Já me avisaram que o esposo da D. Maria Cavaca nos vai perguntar: V.Ex.ªs apoiariam  um governo de gente ligada ao reviralho? Parece que foi o Láparo que lhe escreveu as perguntas. Parece que vai também perguntar sobre a alteração da Constituição mas sobre isso vou dizer-lhe que não sei a que propósito vem isso, parece que é coisa que agora não faz falta, que só serve para empatar. Mas, pelo sim, pelo não, vou propor que ele, sobre isso, peça a opinião do José Manuel Fernandes que sabe muito de todos os assuntos. No fim da audição, vamos cortar cabelos, fazer mises, nuances e extensões à D. Cavaca e ao staff feminino. Consta que ela quer um penteado à fadista moderna, extensões até ao rabo.

Além disso, ouvi dizer que o Sr. Aníbal andou a gabar a banana da Madeira, que é grande e que sabe bem. Consta que, por caridade, toda a gente fingiu que não ouviu mas que não terá passado despercebido o sorrisinho malicioso da D. Cavaca que até terá piscado o olho a alguém.

Na terça-feira, quando lá for, vou a pedir a todos os santinhos que ele não venha pedir a nossa opinião sobre as bananas, muito menos qual a que preferimos já que é sabido que o contexto é Láparo versus Costa. Não é que eu não fosse capaz de desenvolver uma teoria sobre o assunto mas, às vezes, quando o tema puxa por mim, fico sem tento na língua e, não sei, ali em Belém parece que a gente tem que seguir o protocolo, não dá muito para a desbunda.

Tirando isso, não sei bem o que esperar de tudo isto. Hoje ao almoço, o senhor Valente do restaurante disse que estava admirado de ainda não ter sido convocado para Belém mas que, pelo sim pelo não, já estava a escolher uma courgette à matador, para ver se arrancava do casal Mariani a exclamação que se impõe: Ó Sr. Valente, olhe que, com uma desse calibre, não há pai para si. Quanto ao governo do Costa, o Sr. Valente diz que vai dizer que acha que sim.

E eu também acho que sim. É certo que o Irrevogável e o Láparo andam a fazer birra e a enviar sms a toda a gente, a toda a hora, mas o casal Mariani, depois deste circo todo, há-de ficar derreado e a precisar é de sopas e descanso e, portanto, às tantas vão mas é dizer um para o outro: 'olha, que se lixe'. Com uma banana das grandes e saborosas enfiada pela goela abaixo para ter pretexto para não poder falar, acho que não restará ao Sr. Aníbal outra solução senão dar posse ao reviralho. Azarinho.
...

A origem das imagens é visível e aqui manifesto o meu apreço por elas.
..

Agora de uma coisa estou eu à espera: que, quando ele e a sua Maria desenlaçarem o embrulho que para aí andam a armar, ele nos brinde com um dos seus discursozinhos à maneira. Ao menos isso.

 ...

Tirando isto, mais nada.
Ah sim...! E que se vá embora, o mais depressa possível -- e que leve as bananas que quiser.


....

E, por hoje, por aqui me fico. Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma bela quarta-feira.

..

4 comentários:

Anónimo disse...

Ainda hoje ouvi, na rádio, enquanto conduzia, um constitucionalista a comentar a hipótese que a Direita espera e rejubila(ria), de o macaco em Belém não indigitar Costa para PM, o que constituiria uma grave violação constitucional. É que, como sublinhava, houve um acto político relevantíssimo que foi a rejeição do Governo na apresentação do seu programa, o que configuraria uma situação política mais contundente do que uma moção de censura, que resulta depois de o Governo ter estado em funções. Cavaco, sabendo que o povilheu é ignorante em matérias de Direito (Constitucional), o que é normal, faz umas confusões intencionais como aquela de ter estado em gestão por 5 meses, quando na altura o PR (Soares) estava na plenitude de funções e Cavaco tinha saída de eleições há 2 anos. Neste momento, as eleições foram ainda nem há 2 meses e o PR está limitado nas suas funções (percebe-se que tal o contraria e muito!). Quanto a Passos, esta pressão patética de querer eleições e uma revisão constitucional é um acto de desespero político, de quem está agarrado ao tacho, como a lapa à rocha (e sabe que tais propostas são impossíveis de concretizar). Fala em cenários fantasistas de que daqui a 2 semanas haverá um “novo governo, que não será o do PS, com apoio do BE e CDU”, mas que também não será de gestão e ficamos a pensar no que se passa na cabeça daquele tolo que não sabe o que diz. E depois rodeia-se, num quarto de hotel, ou coisa semelhante, para, com uns tantos constitucionalistas, como o tal representante da PLMJ, lhe darem ânimo ás suas tresloucadas reividicações. A Direita que hoje temos é não só muito reaccionária, como até perigosa. À primeira oportunidade dá-nos cabo da Democracia que Abril ajudou a recuperar. Isto é gente que devia era estar num manicómio!
P.Rufino

Anónimo disse...

que tivesse que fazer de conta que dava posse a ministros e secretários de estado, até dou de barato, agora porque nomear esta gente, se sabem que vão embora ou como penso é mesmo para Gestão - https://dre.pt/web/guest/pesquisa-avancada/-/asearch/71020009/details/maximized?p_auth=VfSRk9sk&serie=II&ano=2015&types=DR&search=Pesquisar

e para mim o verdadeiro motivo de estarem como lapas, e que quem vier vai ver a merda em que estão as contas


Bob Marley

Rosa Pinto disse...

Bom escrevi um comentário mas apaguei...ainda tenho alguma vergonha alheia ..gosto de boa banana.

Anónimo disse...

só que essas lindas bananas de que fala são as OGM!
GG