Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, outubro 28, 2015

Os novos ministros e os novos ministérios: quem é quem naquela que seria a equipa de sonho do próximo governo de Passos Coelho


No post abaixo já falei de Luaty Beirão, de José Sócrates e de quem se sentiu incomodado por José Sócrates ter pronunciado o nome do activista angolano - que entretanto, felizmente, já interrompeu a greve de fome -  como foi o caso de Daniel Oliveira ou do Embaixador Seixas da Costa.





Aqui, agora, a conversa é outra. Está por dias a tomada de posse do segundo governo de Passos Coelho e eu estou animada pois tenho a certeza que vai ser menos nocivo que o anterior. Mal posso esperar que tenha lugar a tomada de posse, estou desejando de ver aquela 'cena' dos cumprimentos, toda a gente em filinha de pirilau para dar os parabéns aos garbosos empossados. Estou também em felgas para os ver a apresentarem e a defenderem, no parlamento, o seu maravilhoso programa. Acho que vai ser ser um momento lindo. 

Entretanto, as minhas fontes, sempre muito bem desinformadas, dão-me conta de que as vicissitudes inerentes às actuais circunstâncias, impediram a concretização do que seria a dream team lapariana. Não o conseguiu, contudo, pelo que, coitado, teve que se ficar pelos pafientos do costume. De qualquer forma, com as devidas reservas e naturalmente sob sigilo, a vocês, e só a vocês, digo-vos o que as minhas fontes me contaram que Passos Coelho verdadeiramente queria.

Vice-Primeiro Ministro que acumula com o Ministério dos Vistos Gold e da Inside Information: Marques Mendes

Ministro da Justiça: Marco António Costa

Ministro da Educação e dos Romances Históricos: José Rodrigues dos Santos

Ministra da Cultura e dos Galos de Crochet: Joana Vasconcelos

Ministro da Reforma Agrária: António Barreto

Ministro da Saúde: Maria Helena (a taróloga que já dá consultas na SIC)

Ministra das Peixeiras: Assunção Cristas

Ministro das Putativas Finanças : José Gomes Ferreira

Ministro da Economia, da Motivação, dos Carros Janados e do Empreendedorismo: Miguel Gonçalves Bate-Punho

Ministro dos Assaltos à Segurança Social: Zé Pilha Galinhas

Ministro do Twitter e da Coutada Alemã dos Machos Latinos: Bruno Maçães

Ministros dos Papagaios Televisivos e Plurais: a dupla Maria João Avillez & Joaquim Aguiar

Ministro das Fotocópias, das Milhas de Avião e das Incursões Imobiliárias Nocturnas: Paulo Portas (disse que cedia o lugar de vice e o láparo aproveitou, ora não: agora é um simples ministro sem vice)

Ministro das Redes Sociais, dos Coros Infantis e do Ódio a Sócrates: a dupla João Miguel Tavares & Sofia Vala Rocha

Ministro das Forças Armadas: Cátia Palhinha (as tropas estão com inveja da GNR que já não passam sem um belo pernão bem ao léu quando lhes passam revista)


Ou seja, seria, sem dúvida, um grande governo. Nunca esperei que daquela cabeça saísse tão bem enquadrada ideia. Consta que, em Belém, o  Cavaco, a sua esposa Maria, o comendador costureiro e a fadista privativa estavam em delírio: amavam, amavam, amavam este elenco.
 ...

Consta também que, para parecerem moderninhos e não ficarem atrás do Bush, do Obama e do Cameron, todos os ministros do novo governo de Passos Coelho se passarão a apresentar de rabichinho no alto da cabeça. Isto os homens, claro. Elas parece que irão com extensões pafianamente coloridas até ao rabo, lindas, poderosas.
...

Lá em cima, para abrilhantar a festa, o João Manuel Vieira com os Irmãos Catita interpretam 'Eu vou', canção que, ao que se diz, o Láparo costuma cantar a toda a hora.
..

E, por agora, fico-me por aqui.
Desejo-vos, meus Caros Leitores, uma quarta-feira bem divertida.

..

6 comentários:

João L. disse...

Quando tiver o nome do ministro dos assuntos parlamentares e dos pontos cardeais, Norte, Sul, Este e Esquerda, partilhe por favor.

Anónimo disse...

Este elenco governamental é giro. Ainda passa e fica uns tempos! Mas, ao que li e vejo da imprensa on-line de hoje, o que aí vem é mais do mesmo, ou seja, recauchutou-se aqui e ali, para ficar tudo igual. O que significa que Passos sabe que vai cair. Resta saber se de joelhos ou de cabeça, no chão. Assim, nada de inovador tem esta proposta de governo, com a excepção do Ministério Faz-de-conta da Cultura, para dar um ar intelectual à coisa. Ao "mostrar interesse" pela Cultura (uma espécie de cenouro para Costa, como se pegasse!). Não é para levar a sério. No final, aquele momento dos cumprimentos após a posse, Cavaco dir-lhes-á, aos minsitros: “então até daqui a 15 dias rapazes, quando tiverem terminado o vosso mandato! Divirtam-se entretanto!”
E, no aconchego de Belém, com a sua Maria por perto, tentará encontrar argumentos para evitar dar posse a Costa. No velho baú salazarista que para lá levou, trazido da casa de Boliqueime.
E, em muitas outras casas, por esse Portugal fora, abrir-se-ão umas tantas garrafas de bom espumante e beber-se-ão uns flutes fresquinhos “à maneira”, a festejar o momento, ou quem sabe, os dois: o do trambolhão do governo Passos/Portas e da posse daquele que Costa vier a apresentar ao homem de Boliqueime.
P.Rufino

ECD disse...

Mesmo babando-se de gozo ao ler a lista de ministros uma pessoa não deixa de ter pensamentos mais circunspectos e mesmo piedosos. Mesmo que Luiza de Gusmão não tenha dito a tirada que lhe é atribuída parece aplicar-se que nem uma luva a vários senhoritas e senhoritos deste passageiro governo. "Vale mais ser rainha por um dia do que duquesa toda a vida".
Vivam Vossas Senhorias, novos mInistros/as. Ministros/as é certo por uma dúzia de dias e a fingir, mas, no livro de assentos da República, ministros/as à mesma!

Rosa Pinto disse...

ahaha
Bem escolhidos. Podia haver um referendo e tal...eu votava nestes. Se bem que para rir com qualquer um dos escolhidos é de ir às lágrimas!

Anónimo disse...

UJM,
Se me permite, ainda acrescentaria outros nomes (ilustres) para o novo elenco, PSD/CDS, governamental:
Miguel Relvas – Ministro do Ensino Superior;
João Rendeiro – Ministro dos Assuntos da Banca;
Oliveira e Costas – Ministro da Supervisão do BPN;
Dias Loureiro – Ministro das Falcatruas Bancárias e Afins;
Paulo Portas – Ministro dos Assuntos Irrevogáveis, Submarinos e Outros (em vez dessa sugestão que aqui nos é mostrada);
Maria Luís Albuquerque – em vez de Ministra das Finanças, seria do Alto Risco Financeiros, Swaps e Afins;
Duarte Lima - Ministro da Justiça e do Crime;
E ainda, com tempo, se me surgirem outros nomes, cá virei, patrioticamente, propo-los – até 5ªFeira á noite, antes do novo (??) elenco tomar posse. O que eu quero, acima de tudo, é o bem da Pátria;
Tenha uma boa noite!
P.Rufino

Rosa Pinto disse...

ahah. pois. faltavam estes!!!