Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, outubro 17, 2015

Olhos nos olhos


Há estudos que afirmam que 4 minutos de olhar ininterrupto e mútuo criam intimidade entre duas pessoas. O vídeo abaixo mostra como funcionou a experiência com seis casais em circunstâncias diferentes.

Eu acho que tanto tempo especado a olhar para outra pessoa deve ser de loucos, mas nunca se sabe. A ver se convenço o meu room mate a fazer a experiência. Duvido que alinhe que ele não é lá muito dado a bizarrias mas we never know. O mais certo, se ele alinhar, é eu desatar a rir feita parva e, como o riso a mim me dá vontade de rir, ainda acabamos os dois a rebolar no chão à gargalhada.

Eu depois conto.

Para mais informação sobre o assunto, podem ler isto onde se fala neste método e naquilo de, com 36 simples perguntinhas, respondidas de olhinhos nos olhinhos, também ser tiro e queda: paixão na hora.


Como estabelecer uma ligação com alguém



..

Desejo-vos, meus Caros Leitores, um belo sábado.
Peace and love, my friends.
.

Sem comentários: