Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, agosto 08, 2015

Os cartazes do PS e uma perguntinha inocente: a campanha está a ser dirigida por algum infiltrado dos PAFs?


E mais não pergunto.

(É que as alternativas, acho eu, seriam que, para as bandas do Rato, estivessem:
  • todos senis, 
  • todos gagás, 
  • todos passados da cabeça, 
  • todos armados em vencidos da vida, 
  • todos a brincar aos surrealistas malucos ou 
  • todos a gozar com a cara de quem até está mais ou menos a pensar votar neles.
e não há uma que me pareça agradável)

Com o caraças...!

Face a isto, ó senhores do PS, vejo-me forçada a daqui vos lançar um lancinante apelo: atinem!

[E uma perguntinha ao António Costa: e se fosse buscar o Jorge Coelho para dirigir a campanha? De certeza que, com ele, não seriam estes sucessivos tiros nos pés. 

É que cada um dos novos cartazes é um tiro no pé, uma barracada e revela um amadorismo, uma ligeireza inconsequente -- nem sei. Cada tiro, cada melro. Cada cavadela, cada minhoca. Parece que andam a fazer de tudo para piorar a situação do PS. É que, em cada coisa que fazem, se põem a jeito. Nunca vi tamanha parvoíce numa campanha eleitoral.]

Ai! Caraças!
Desculpem-me as repetições, tanta vez 'caraças' mas... com o caraças, esta campanha do PS até dá nervos. Está tudo doido por aquelas bandas ou quê?
.....

Se não vos agrada esta conversa, deslizem, por favor, até ao último episódio do Daily Show. 
Foi bonita a festa.
(É já no post a seguir.)

......

E hoje fico-me por aqui.
Tive um dia difícil, difícil, e tenho mesmo que descansar a cabeça.

[E chega uma pessoa a casa tarde e más horas, estafada, esvaída, e só vê e ouve a baderna armada com os cartazes do PS. Mas, ó senhores, quem será o artista que anda a torpedear os socialistas com estes cartazes infelizes? Quem, senhores? 

(...Mas porque será que ninguém me poupa, ó caraças?)]

....

Desejo-vos, meus Caros Leitores, um sábado descansado, feliz, com muita saúde e alegria. 
E esperança. Que a esperança nunca se esboroe.

...

5 comentários:

Jaime Santos disse...

Pois, já se vê o gáudio que deve ir nas hostes da Direita, por causa destes 'fait-divers'. Façam um favor, peçam desculpa pela bronca e aproveitem para desistir dos outdoors, ninguém leva aquilo a sério, só serve para chacota nas redes sociais. Enquanto se anda a discutir isto (e a dar uma imagem de inépcia que não augura nada de bom para um futuro Governo PS), o que o Partido tem andado a dizer vai ficando esquecido (e o PS tem uma ideias boas, contrariamente à vacuidade PAF). Como na anedota, 'por favor, coordenem-se', nem que seja preciso, como diz, ir buscar o Jorge Coelho à 'Quadratura do Círculo'...

Anónimo disse...

não sei qual o espanto, desde que me lembro que a mudança de governo deve-se por desgaste do que lá está, ou seja caí de podre, e não por argumentação da oposição em campanha eleitoral

Bob Marley

Anónimo disse...

em relação ao Jorge Coelho tem razão, o que me leva a pensar em Pavlov.

Bob Marley

Bmonteiro disse...

Está de parabéns Mr Ascênço Simões, vindo de uma Alta Autoridade para a campanha, onde o Partido lhe arranjou emprego de alto nivel remuneratório ao deixar o governo.
Sobre o decano das Autoestradas, Mr Jorge 'Mota' Coelho, daria umas boas respostas nos cartazes da coligação: Foi você que pediu uma autoestrada sem carros?
A bem do regime.

Anónimo disse...

Realmente, esta história dos cartazes é confrangedora. Indiferença? Desorientação? Parvoice? Mas, afinal o que se passa no PS? E Costa está a atento? Terá reparado que, aparentemente, a acreditar nas sondagens, que o seu Partido não descola e que os PaF não estão assim tão longe? Esta situação dos cartazes vai ter consequências: no descrédito do PS. E muitos desses votos que poderiam ir apara Costa podem ficar na tal PaF. Mas que imbecilidade completa! E tudo tranquilo no PS, a julgar pelo pouco "estrilho" que isto deu lá dentro.
P.Rufino