Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, julho 18, 2015

Ó senhores, mas o homem não terá medo que lhe caia um dentinho...? Tanta mentira, senhores. Será doença? O Jornal de Negócios e o Dinheiro Vivo desmontam as mentiras. E lá bem longe, no Bristol Zoo, um certo gorila mostra o que pensa.




O primeiro-ministro foi entrevistado esta terça-feira pela SIC, fez um balanço do seu Governo, apontou às legislativas e comentou a situação grega. O Negócios seleccionou algumas das frases de Passos Coelho e foi tentar perceber se correspondem à verdade. Confirme os resultados.

Recomendo a leitura do artigo pois quase se poderia dizer que é do além: mentiras, imprecisões e apenas uma resposta verdadeira.
Uma vergonha. Como é possível isto numa criatura que se apresenta como primeiro-ministro?

É como aquela de a ideia ter sido dele. Logo, na altura, achei que o mais provável é que nem sequer fosse verdade. Gabarolas pelo vício da gabarolice e da mentira. Ora bem, aí estão as notícias que lhe descobrem a careca:


Por acaso, ideia do fundo grego veio do PM holandês


Por acaso, a ideia para o fundo de privatizações da Grécia, o trust de 50 mil milhões de euros que vai absorver o espólio que for vendido nos próximos anos, veio do primeiro-ministro holandês, Mark Rutte, revelou Donald Tusk, o presidente do Conselho Europeu. O primeiro-ministro português disse na segunda-feira que a autoria foi sua.


Em entrevista a sete jornais europeus, entre eles Kathimerini, Financial Times e Le Monde, Tusk descreveu com grande detalhe as horas críticas e derradeiras -- a "maratona negocial" -- que precederam o acordo prévio sobre a Grécia crucial para se poder negociar o terceiro empréstimo e programa de ajustamento. À mesa estavam o próprio Tusk e pelo menos três chefes de Governo: Alexis Tsipras (Grécia), François Hollande (França) e Angela Merkel (Alemanha).

"O fundo das privatizações era, sem dúvida, muito provocador para Tsipras [o PM grego]", começa por explicar o presidente do conselho na entrevista (pode ler a versão integral, em inglês, aqui no Kathimerini).

Mas "o primeiro sinal de que uma coisa dessas poderia ser aceite foi uma mensagem [SMS] do PM holandês Rutte. Quando lhes mostrei a proposta de Rutte para que 12,5 mil milhões de euros do fundo fossem usados para reembolsar dívida e 12,5 em investimentos, ninguém pareceu particularmente impressionado, mas a partir desse momento estava na mesa".

......

Só visto. Contado ninguém acreditaria.

......

Adiante.

Acho que não tem nada a ver com isto mas a verdade é que um certo gorila tem sido visto a mostrar o dedo do meio com alguma frequência. E mais até que o dedão é o olhar, gozão, desafiador, uma coisa mesmo do tipo  'vá lá... make my day...'. Não digo que tenha a ver com os maus hábitos do láparo porque não sou de intrigas mas a verdade é que há uma certa relação temporal.




[A grumpy gorilla at Bristol Zoo finally got fed up with everyone snapping its photos and let visitors know exactly how it felt by sticking up its middle finger and flipping them the bird. Luckily, Bon Pitchford, a photographer in Bristol, captured the moment. (...)]. 

...

Cheguei a casa nem sei bem a que horas, seguramente depois das onze e tal da noite. Estávamos ambos a precisar de uma boa espairecidela pelo que resolvemos ir dar ar à pluma. Jantámos na praia, um peixinho bom, e depois andámos a passear no paredão, em cima do mar. Uma noite maravilhosa, fresca, com um intenso cheiro a maresia. Soube-me mesmo bem.

E agora ainda me pus a tentar escrever mais qualquer coisa, num registo mais simpático, mas estou demasiado sem energia para o conseguir que isto tem sido uma sucessão de dias sem descanso.

Por isso, com vossa licença, vou ficar-me por aqui. A ver se amanhã durante o dia consigo ter tempo para me sentar ao computador.

Desejo-vos, meus Caros Leitores, um belo sábado.
Be happy.

..

1 comentário:

Rosa Pinto disse...

Uma comadre estava zangada com o seu marido, ao discutirem às tantas ela diz para ele: - Oh homem tu ainda te atreves a olhar para mim?
Diz-lhe ele com olhar conciliador : - Que queres oh mulher chega a uma altura que a gente acaba por se habituar a tudo!!!~

O gorila não é animal de se habituar....