Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

domingo, julho 12, 2015

O papagaio elitista


De Leitor que me costuma enviar mails com artigos ou piadas a que acho graça e a quem agradeço recebi hoje a piada do Papagaio.

...


Quando a vizinha passava, o papagaio gritava-lhe:

Bom dia, putona linda!
Todos os dias era isto, até que a mulher já farta, foi queixar-se ao dono do papagaio.

Este castigou-o pintando-o de preto.


No dia seguinte a vizinha passou e o papagaio não disse nada.

A mulher, com ar triunfante, provocou-o. 
  Então agora estás calado, não é?
O papagaio com ar importante e depreciativo, respondeu-lhe:  
  Quando estou de smoking, não falo com putas!

...

1 comentário:

Rosa Pinto disse...

Continuando..

O dono de uma pequena quinta estava cansado da história do papagaio ir todas as noites ao galinheiro desafiar as galinhas. Resolveu apanhá-lo em flagrante - colocou um fio elétrico desencapado sob a porta.
Naquela noite, quando o papagaio ia entrando no galinheiro, pisou o fio e soltou um grito:
— Uaauuuuaaaa! Se isso tudo for tesão, hoje eu vou comer até o galo!