Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, julho 22, 2015

A SIC está em campanha a favor da coligação dos PAFs? Pergunto. É que a comentar a entrevista do vice-irrevogável Portas levou três cromos que puxam todos para o mesmo lado: a Maria João Avillez, o Ricardo Costa e o inteligente Joaquim Aguiar - cada um vendo só virtudes e particularidades justificáveis no parlapié desse grande artista que dá pelo nome de Portas. Faf, paf.


Os cabecilhas do gang dos PAFs: o irrevogável-Portas e o Láparo-pasteleiro


Não tenho mais nada a dizer sobre o assunto porque, enquanto os ouvi, não disseram nada que se aproveitasse. Ricardo Costa tem aquela conversa redonda e pretensamente independente mas que pende sempre para o mesmo lado, a Madame Avillez cristalizou no seu ódio à esquerda, seja ela qual for, e só vê virtudes nos agentes de direita, por muito ética e profissionalmente indigentes que sejam (embora possa fazer de conta que é imparcial) e o Joaquim Aguiar é aquela insustentável leveza da conversa sem nexo. Espreme-se o que dizem e não se obtém pinga de sumo. Zapping, claro.

Quanto à entrevista do vice-artista Portas, o pouco que vi chegou para perceber que foi ele em grande estilo: uma representação vazia de sentido. Um demagogo, um manipulador, um artista. Já não há pachorra. Zapping. 

Quem não os conhecer que os compre: a todos.

E, portanto, perante a falta de independência que a SIC anda a demonstrar (depois daquele trio de tristes, levou outro dueto para esquecer, Santana Lopes e o António Vitorino - e, concordarão comigo, o António Vitorino deve ser o maior repelente que há à superfície da terra em relação ao PS e à esquerda em geral: não se aguenta) e perante o panorama televisivo em geral, desisto da televisão. Que seca. 

Estou, portanto, bored e meus Caros, como muito bem sabem, pouca coisa haverá de mais perigoso do que uma bored woman. Cuidado comigo.



---

E queiram, por favor, descer para o que interessa: o ensino de matemática e os problemas linguísticos. Humor na Porta dos Fundos, pois claro. Hilariante.

...

1 comentário:

Anónimo disse...

O encanto de PP aquele ar feminino que deixa transparecer.