Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, maio 27, 2015

Azul que te quero azul


O azul, em especial o azul marinho, é a cor a ter este verão. E, se não for o azulão marinho, também pode ser azul profundo, azul céu ou mesmo azul quase turquesa. Claro que o branco também, o branco sobre uma pele bronzeada fica sempre bem. Mesmo eu que nunca na vida me consegui pôr castanha - mesmo depois de uma temporada na praia o mais que fico é com um tom levemente pêssego - gosto de me ver de branco no verão.

Mas o azul irreverente é o que este verão que aí está a anunciar-se há que tempos está a pedir. Sempre combinado com o branco, claro. Por exemplo, se a blusa é azulão, a saia ou as calças deverão ser brancas. 

Exemplifico:

A começar na maquilhagem: não é Yves Klein,
é simplesmente a cor para contornar os olhos: Eyeliner em Electric Volt

Sandália que faz uma pessoa parecer crescida sem se notar que há ali uma plataforma alta,
já que metade da altura é transparente.


Fato de banho assimétrico em tons de azulão e que ajusta a silhueta

Blusa para um dia mais fresco e que ficará lindamente para uma saída ao fim do dia
com calças brancas, justas ou largas.

...

Já agora, para que interiorizemos bem o espírito da coisa:

In the navy 


...

Sem comentários: