Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, abril 04, 2015

O Coelho da Páscoa. E, a propósito de coelhos, a avozinha e o coelho. E, já agora, a favor da tolerância e da compreensão, uma outra forma de humor.


Depois da útil invenção vinícola que mostro no post abaixo, e uma vez mais enviado por um Leitor, cá está o que não pode faltar nestas alturas: um coelhinho da Páscoa. Mas, ó senhores, o que o leitor me enviou foi um coelhinho que não é coelhinho, muito menos comestível, é um coelhão intragável, mal educado, antipático, mau, fora de prazo, um láparo da pior espécie. Brrrrr.....



....

Já agora, uma nova versão do lobo mau e da avozinha.



....



..

1 comentário:

Rosa Pinto disse...

O Coelho da Páscoa representa o nascimento, a esperança da vida e é um dos símbolos das festividades da Páscoa.
Pois é!