Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

segunda-feira, abril 13, 2015

Lisboa, a bela - Entre Tanto, no Príncipe Real, e outras lojas na zona do Chiado [3º de 4 posts]




O Príncipe Real para além do seu encantador pequeno jardim, com a magnífica árvore das mil sombras, o relvado em volta do reservatório e as as suas esplanadas, tem belos edifícios magnificamente reabilitados, lojas engraçadas e um ambiente moderno.




Começámos pelo Entretanto e fomos andando por aí abaixo, Bairro Alto, Chiado. Imensa gente, um sol dourado, aquele ambiente buliçoso que me encanta. Este é um percurso que faço desde há muito. Gosto de descer até ao fim da Rua do Alecrim, Cais Sodré, e abeirar-me do rio mas hoje ficámo-nos pelo Chiado, veraneando pelo Largo de S. Carlos, pelas ruazinhas por ali, cheias, cheias de várias línguas, de sol, de vida, de mil mundos.






no Entre Tanto

no Entre Tanto

no Entre Tanto


no Entre Tanto

A Cevicheria

Vista Alegre


Bairro Arte


República das Flores


1 comentário:

Rosa Pinto disse...

Completsmente de acordo. Não há cidade mais bonita. A luz. O calor. a arquitectura. O vai e vem da sua gente bonita. É esta lisboa que eu adoro.