Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

domingo, fevereiro 15, 2015

Vamos falar de sexo: pornografia caseira. Em complemento à reportagem da SIC e do Expresso, mostro como é o sexo a dois, fantasias e realidades (segundo a Porta dos Fundos)


Vou já avisando: este post não é para todos. Tem bolinha encarnada (que deve ser posta na ponta do nariz dos sisudos, das virgens ofendidas, e dos que me enviam comentários a dizer que acham que por aqui se fala de muita tolice). Quem se aventurar deve saber ao que vai pelo que transcrevo o texto que acompanha o vídeo:

A pornografia amadora é a principal fonte de sacanagem atual. Ninguém resiste a curiosidade de ver uma imagem tremida, com áudio abafado, luz estranha, cueca arregaçada, calcinha puída, gente feia com genitálias esquisitas e corpos imperfeitos fazendo coisas que elas claramente não conseguem ou deveriam. Na verdade você não sabe se quer ver alguém fodendo ou se fodendo.


Ana Santiago, Paulo Piteira e Luís Peixoto, João e Cristina Correia e Diana Ralha - o Expresso e a SIC andam a falar de sexo e a divulgar os gostos de casais hetero, de casais homo, de grávidas, e uma diz que gosta de o fazer com cabeleira postiça loura, outra às escondidas, outros que já lhes doem as cruzes e dois gostam de ver e participar em sexo em grupo. E eu poderia juntar-me à festa e apimentar a questão dizendo de que é que eu gosto, mas isso era o que vocês queriam e nessa não caio eu, ora essa.



Na era das Cinquenta Sombras de Grey que, pelos vistos, são quase consensualmente reconhecidas como uma brincadeirinha para delícia de escuteirinhas


  • e sobre o qual o Mestre Ferreira Fernandes no DN, no artigo 'Oscar de melhores interiores secundários para os marceneiros portugueses?', diz "Em As 50 Sombras de Grey a única coisa que mexe é o mobiliário português"

permito-me avançar para uma realidade menos photoshopada. 


Ou seja, fico-me por este simpático e inocente casalinho.


Filmando - Porta dos Fundos


...

Sem comentários: