Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quinta-feira, fevereiro 26, 2015

Finalmente, uma anedota sobre morenas [3ª de 3 de anedotas, e esta nem é de sexo, nem implícito nem explícito, a ver se os senhores do Blogger não vêm pegar no meu pé]


Uma jovem morena vai a um consultório médico e queixa-se de que todos os lugares do seu corpo doem quando ela os toca.

- Impossível - diz o médico. Mostre-me lá como é que isso acontece.

Então ela encosta o dedo no seu próprio ombro e grita de dor.

Depois ela encosta o dedo na perna e grita.

Encosta no cotovelo e grita, e assim por diante.... Em qualquer lugar em que ela se tocava, ela gritava.

O doutor perguntou:

- Você não é morena natural pois não?

- Não... Na verdade eu sou loira.

- Foi o que eu pensei ! - diz o médico.

- Porquê, doutor...?

- O seu dedo está partido!

...   ...

Relembro:


Transcrição do aviso do editor de blogues, Blogger, que agora nos aparece no painel de entrada


A 23 de março, o Blogger deixa de permitir determinados tipos de conteúdos sexualmente explícitos. 



...


....

1 comentário:

Rosa Pinto disse...

Bom dia. Sou morena. De quando em quando umas nuances loiras dá sentido à vida... eheh dói um dedo mas acho que é frieira mesmo!