Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, fevereiro 20, 2015

Equipa de futebol faz sriptease na lavandaria. Contra as conversas doentiamente pornográficas de Paulo Portas, Marques Guedes, Maria Luís Albuquerque ou Carlos Costa que avancem os bons rapazes, saudáveis, que praticam desporto.


Depois do turismo e das reportagens fotográficas no Porto, Moledo, Monte Faro, Valença e Ponte de Lima, eis-me de volta ao duro mundo do trabalho (e sorte a minha que o tenho). Mas, enfim, há que atenuar o impacto para tornar o choque menos violento e cá estou de volta (e na forma do costume, isto é, derrapando em toda a linha).

Explico-me.

Tenho a caixa de correio cheia, cheia, e, como habitualmente, com artigos a sério e piadas, filmes, etc. Não tenho tido tempo para ver tudo, muito menos para responder. Mas hoje, de volta ao batente, aqui estou a despachar o expediente.


Um dos filmes que recebi dá pelo nome de I hate to go to the cleaner (Strip na lavandaria) e vinha em ficheiro. Só que ao abrir não deu em nada. Desiludida, fui ao youtube e escrevi aquilo a ver se o apanhava por esta via. Nada. Escrevi então strip tease laundry e aí já me apareceram algumas coisas.

Um dos vídeos prometia: equipa de futebol faz strip na lavandaria. Fui conferir. Nada de transcendente, nada que augure um Oscar mas, ainda assim, divulgo-o. Os rapazes têm ar saudável, vê-se que gostam de desporto e, portanto, tudo a favor.


NB: Às almas mais ajuizadas que possam pensar que o vídeo Laundry Mat Strip Tease: Dirty Soccer Players é quase pornográfico quero dizer que não: pornográficas são as cínicas afirmações de Paulo Portas a dizer que sempre esteve contra as medidas da troika; pornográficas são as afirmações Marques Guedes ao considerar infelizes as palavras de Juncker, Presidente da Comissão Europeia, que disse que a troika "pecou contra a dignidade" de portugueses, gregos e também irlandeses; pornográfico é o risinho servil de Maria Luís Albuquerque ao lado do dono Schäuble que elogiava os portugueses porque dão a patinha, rebolam e, todos saltitões, vão a correr buscar o pau; e, até, pornográficas são as afirmações de Carlos Costa remetendo agora a responsabilidade do que aconteceu com o papel comercial do GES vendido aos balcões do BES para a CMVM.


Ao pé de tanta conversa hardcore, de tanta falta de vergonha, que mal têm os corpinhos bem feitos destes rapazes? Ora.



O realizador do filme é Brad Hammer e entre os actores contam-se estes dotados artistas: Richie Nuzzolese, Detox Icunt, Jason Medina, Jessica and Hunter, Jose Parra e outros.

...

E haja saúde!


1 comentário:

Anónimo disse...

As declarações de JC Juncker, embora tardias, foram, pelo menos, honestas. Reconhecer que se está errado é já de si uma boa qualidade. Um contraste enorme entre Juncker e o estupor do Barroso, servil criatura da ALE e dos Mercados. Quanto a Portas, é uma criatura inqualificável. Um demagogo do pior! Um tipo que achava que nós estávamos reféns da Troika (ou do “Triumvirato”, como diz, naquela voz de flauta), que eramos um Protectorado e que agora vem com tretas para pacóvio ver e comprar. Um ser miserável! O mesmo com o Marques (Guedes), embora ali tenha estado na qualidade de representante do servil Passos e da sua mentora, a Albuquerque, ambos sentados ao lado esquerda da ALE (Merkel e o advogado Schauble, advogado do Diabo). Uma UE que começa a preocupar-nos, com a sua falta de sensibilidade para as questões socias e a sua opção pelos Mercados. Mas, também da Democracia: “povos da Europa, ou se conformam com as nossas regras, ou serão esmagados e mesmo até excluídos”. Não se tolera o voto, nem a vontade de quem votou contra este modelo europeu, como é o caso da Grécia. Veja-se a posição recente do Syrisa, de aceitar e propor um PR da Nova Democracia. Que mais abertura interna pode este novo governo demonstrar? Radicalismo existe, sim, mas nas posições de muitos membros da UE e das suas Instituições. Entretanto, a Oposição, sobretudo do PS, simplesmente não existe! Costa persiste, mal a meu ver, em continuar a gerir a Câmara de Lisboa, onde já fez porcaria com aquela treta da proibição das viaturas mais antigas e depois com o favor inaceitável de 1,8 milhões de euros, de perdão de taxas municipais ao Benfica. Costa não existe, não tem uma única opinião sobre a crise grave na Educação, na Saúde, na Justiça, nas gravíssimas questões sociais (a manipulação dos números do desempregos, elevadíssimos, a pobreza a aumentar, a erosão da classe média, a ausência de horizontes profissionais para os jovens, quanto à “fuga” de quadros jovens para fora, etc.). Sobre a Soberania e a Dignidade deste País e o seu Povo perante os abutres da Troika e quejandros (preferindo não os afrontar, como referiu há tempos), não tem um projecto de política fiscal mais equitativa, não tem nada. Costa é um enorme bluf! Um verdadeiro saco de vento. E, daqui a uns 6 meses temos eleições. Para eleger quem????? Um país de cócaras perante os credores, sem uma Oposição credível e sob um governo de joelhos parante a UE, FMI, Troika, qual o futuro?
P.Rufino