Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, fevereiro 24, 2015

Alô, alô, senhores engenheiros civis! Vejam lá isto: edifício industrial pesando 6.200 toneladas é movido 60 metros. Não é de agora mas merece ser visto. Bora lá usar esta técnica para mover o Palácio de Belém com o Cavaco e a Maria lá dentro para a Buraca?


Leitor a quem muito agradeço enviou-me um vídeo interessante que, imagino eu, deve fazer as delícias dos engenheiros civis. Mas, às tantas, eu acho extraordinário e eles acham banal. Já estou mesmo a ver um certo engenheiro que eu cá sei a dizer-me amanhã, oh pá, maiores que esses movo eu todos os dias... e com uma perna às costas. 




Transcrevo o texto que o acompanhava:

Na maior empreitada de seu tipo na Europa, um edifício de 6.200 toneladas foi deslocado de 60 metros, em uma única peça, depois de 19 horas de trabalho. O prédio histórico da antiga fábrica de máquina Oerlikon, em Zurique, teve de abrir espaço para a ampliação da ferrovia.


Construído em tijolinhos, o edifício tem 123 anos e é a última relíquia de Oerlikon, antiga zona industrial do século XIX. Em 1876, a fábrica de máquinas 'Maschinenfabrik Oerlikon (MFO)' começou a fabricação de ferramentas, armas e locomotivas elétricas.

Quando o seu atual proprietário, a empresa ABB, anunciou planos para demoli-lo, os moradores pediram que o prédio fosse preservado, enfatizando a importância cultural do imóvel para a região. Junto com o novo proprietário, Swiss Prime Site, e a Rede Ferroviária Federal, a ABB desenvolveu um plano alternativo para deslocar o edifício de 6.200 toneladas em uma única peça.

Os preparativos começaram há 10 meses (tal como mostrado na animação vídeo). As paredes de retenção tiveram que ser substituídas por pilares de aço. Sob o edifício foi construído uma laje de concreto com trilhos nos quais foi colocado o edifício para o deslocamento.

A operação começou na terça-feira, 22 de maio de 2012, às onze horas. Através de prensas hidráulicas, o gigante foi deslocado a uma velocidade de quatro metros por hora.

Na quarta-feira, às quatro e meia da manhã, o prédio de 80 metros estava em sua nova localização.

...

2 comentários:

Anónimo disse...

Impressionante! O que é que a tecnologia e engenharia hoje em dia não consegue?
P.Rufino

Rosa Pinto disse...

Eu faria melhor. Deixava tudo no sitio, já que gosto do meu país, mudava uns quantos para bem longe da vista....