Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, dezembro 06, 2014

A dependência das redes sociais. Casam em directo para o facebook, assim continuam e, depois, claro está, quem se trama são as criancinhas.


Nos posts abaixo há Madonna com os mamilos ao léu e, depois, tapados por Donatella Versace, há Monica Bellucci que vai deixar o James incapaz de dizer o apelido e Léa, la petite Léa que a ver para que lado cai.

Mas isso é nos posts a seguir. Aqui, agora, que toque a marcha nupcial: branca e radiosa vem a noiva.
___


Até ao casar é isto: a toda a hora todos ligados à rede, ao facebook, ao instagram, e vá de selfies, tweets, posts, likes, smiles

No outro dia, no restaurante, olhámos à volta e vários casais, cada um agarrado ao seu smartphone, viam coisas e digitavam, indiferentes ao outro. Normal é o que acontece em grande número, é a regra, o usual, o mais frequente. Por isso, mea culpa, eu fora da norma, reconheço que o normal é isto. 
O vídeo abaixo é um anúncio mas, ao fazer a caricatura destes novos hábitos, deixa a marcados tempos.

Casar ao telemóvel



....

Tempos depois...



....

Meses mais tarde...




....

Sem comentários: