Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sábado, setembro 13, 2014

O poder da sedução. Aula teória e prática. Chen Lizra diz como é.





A sedução é das coisas melhores de praticar: seduzir e ser seduzida, fingir que não se dá por nada, que não se quer, mas depois deixar que o olhar pareça ter derrapado e logo corrigir o deslize, fazer com que o outro sinta curiosidade, tente, receie tentar, queira tentar, ouse tentar, se arrependa de ter tentado, queira tentar de novo, queira ir mais longe. O jogo, o desafio, a pulsação num desvario, o gostinho bom da transgressão.

Ou se nasce sedutor ou não. Mas pode treinar-se, experimentar ser, tentar ver se resulta.


Para os que se sentem inseguros na arte da sedução ou para os amadores que gostariam de ser pro, para os que já o são e queiram confirmar as tácticas, aqui fica uma aula teórico/prática ministrada por Chen Lizra, uma expert.


Ouçam-na, vejam-na, imitem-na, levem-na a sério. E não menosprezem o lado fácil e gostoso da vida. Angústias, preocupações, inseguranças, pensamentos pesados e sombrios, está bem que literariamente tudo isso é muito lindo mas, caraças, que graça tem viver uma vida de neura e agastamento?





_




....

1 comentário:

Anónimo disse...

Revendo, ou relendo, alguns dos seus Post, devo dizer-lhe que esta Chen Lizra é intessantíssima. A apresentação dela é do melhor. Nunca estive em Cuba, mas conheço quem lá foi e, genericamente, em comum, têm o terem gostado daquele povo.
P.Rufino