Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

segunda-feira, julho 07, 2014

Eu, olheira infalível, aqui recomendo para a Selecção Nacional alguém que não falharia uma bola. E eu, conselheira desaproveitada da Federação, aqui recomendo alguém para novo Seleccionador Nacional, em substituição do muito falível Paulo Bento. Quem aconselha, bom amigo é.


Ora bem. Os nossos jogadores não são chorões mas são, em geral, mais fracalhotes que os brasileirinhos de lagrimita fácil. Não que a questão tenha a ver com lagrimitas ou com fraquezas de alma desse género. A questão tem mesmo a ver com fraqueza de pernas, o de não atinarem com a bola, com não acertarem quando deviam, com deixarem a bola passar-lhes debaixo das pernas.

Nada de que a pessoa que vos mostro aqui abaixo padeça. Bola é com ela. Cinco estrelas. O que esta pessoa faria entre quatro linhas nem vos conto. Qual CR7...? Não tenho nada contra o craque da bola e da publicidade, claro, mas, cá para mim, apagar-se-ia perante a habilidade que aqui se demonstra. Os da equipa adversária até parariam de jogar para ver a demonstração de tanta perícia. Seria golo atrás de golo.

Ora vejam, por favor, este controlo de bola.






Mas as minhas recomendações não se ficam apenas pelos jogadores. Aliás, o problema geralmente está na gestão, não na execução. Muita compreensão, muito deixar cada um ser vedeta, muita reportagem no meio do dia a dia, muitos penteados, muita conversinha da treta. Ná. Há alturas em que, quando os putos fazem porcaria, a coisa só lá vai com um belo tabefe.

Não teria sido disto que o Pepe quando foi dar a cabeçada ao outro ou outros que por lá andaram a fazer azelhices, tiveram falta?

Não que eu seja apologista de violência, claro, mas um tabefezito na hora certa se calhar não é violência. No entanto, se a Federação portuguesa contratasse este que aqui vos mostro, acho que deveriam dizer-lhe para maneirar nos chapadões. É demais...!





___


A ginasta é Boyanka Angelova e é mesmo uma ás nas manobras com a bola. Quanto à elasticidade do corpo, nem falo.

O treinador aparece-me identificado como Jorge Jesus no balneário mas não me parece que seja, o Jorge Jesus tem mais cabelo.


__

Claro que eu jamais descobriria, por mim, estes vídeos. 
Foi um estimado Leitor, a quem muito agradeço, que mos enviou. Obrigada!


4 comentários:

Anónimo disse...

Ódio de estimação ao CR7 = frustração da líbido.
Talvez sonhes com ele e tenhas fantasias eróticas. Lol
Já cansas de tanta converseta da treta...dasseeee

Um Jeito Manso disse...

Olá Caro Anónimo(a),

(Não leve a mal o tratamento por você mas, de facto, só consigo tratar por tu os meus amigos, não qualquer desconhecido.)

Hoje publico o seu comentário para lhe perguntar a si se não será por acaso um desses curiosos trolls que pululam na internet. Tem jeito disso.

É que, se não for um troll, provavelmente padece de masoquismo. De outra forma, não percebo porque insiste em auto-punir-se vindo aqui para ler converseta da treta. Não encontra conversa mais a seu gosto aí por essa internet fora?

Seja como for, desejo-lhe uma boa noite.

Anónimo disse...

Eh, eh! Este treinador dava jeito! Depois da porcaria que constitui a nossa participação na Copa, só com estalada neles, nos jogadores. Mas, o Bento (não careca das finanças e que é católico, que com a bênção de Deus e empréstimos baratos do BCE e outros truques vai tentar salvar o buraco que é o BES, antes que sejam os contribuintes), o Paulo, seleccionador nacional, também merecia umas tantas, não só porque é o primeiro responsável por aquela miséria, como pelo facto de não se ter demitido, como devia.
Concordo consigo no que diz sobre o CR-7. Um tipo que passa o tempo a preocupar-se com o seu penteado, como é o caso dele, não bate bem da bola, já que falamos aqui nela, na bola. Mais concentração, mais “focus”, menos distração é o que se exige de um jogador como ele. O Messi não perde tempo com esse tipo de coisas, prefere jogar bem. E faz muito bem.
Já agora, minha cara UJM, o que é um “troll”? Fiquei curioso!
Quanto à “piquena”, caramba, é levada do Diabo! Nem um craque como o CR-7 conseguiria tal. E ainda por cima, jeitosa.
P.Rufino

Anónimo disse...

Lá descobri o que é um Troll, seguindo o que diz no último Post e ao "clicar" onde nos indica.
Está-se sempre a aprender, nesta vida.
Realmente aparecem por aí em alguns blogues.
P.Rufino