Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, março 14, 2014

1. Os livros que me enviam para eu ler e dar opinião /// 2. Makeover (A Primavera anda no ar... e é altura de mudança!) /// 3. Bamboozled (O verdadeiro amor sobrevive a todas as mudanças)


1. Os Leitores enviam-me filmes, artigos, links e outros contam-me segredos, fofocas da sociedade e toda uma panóplia de coisas que quase me daria para fazer um magazine partilhado.

Infelizmente não tenho tempo para ver tudo até porque, quando aqui coloco alguma coisa, gosto de perceber de que se trata ou, quando me enviam informações, gosto de tentar validar a sua veracidade. 

Muitas vezes nem tenho tempo para agradecer. Espero que não me tomem por mal educada mas é que não tenho mesmo tempo. Chego tarde, muitas vezes cansada, o tempo não dá para tudo. Uma pena e um complexo de culpa por não corresponder à simpatia de todos quantos, tão generosamente, confiam em mim ou se lembram de me enviar coisas que acham engraçadas ou oportunas.


O que ainda me custa mais é quando me enviam originais de livros para eu ler e dar opinião e eu não tenho tempo. Chegam a dizer que eu poderia ajudá-los a melhorar a escrita. Fico sempre assarapantada quando leio isto. O tempo mal me chega para ler aquilo que escolho e faço mesmo questão de ler quanto mais para ler livros para dar opinião. Impossível. Mas nem é bem isso. 

A questão é que tenho medo de dar opinião num assunto tão melindroso. Tenho uma certa dificuldade em dosear a sinceridade e não quero correr o risco de deixar alguém frustrado à toa. 

Já aqui tenho dito: na gastronomia sou de boa boca mas nas leituras sou niquenta. Gosto de pouca coisa. Ora, sabendo-me eu uma criatura que põe defeitos em tudo o que é coisa, posso lá eu correr o risco de, injustamente, desiludir alguém? Imagine-se que estou naqueles dias em que acho tudo uma pepineira. 

Lídia Jorge....? É simpática e uma carinha de boneca de porcelana mas não consigo ler estes seus livros. Ana Teresa Pereira? É enigmática, tudo bem, mas já não tenho pachorra, é sempre o mesmo climinha maluco. Estão a ver? Torno-me chata. Embirro com o Valtinho, não tenho pachorra para tudo o que é êxito, nada. Defeito meu, estão a ver? Então ia lá eu escrever palavras pouco encorajadoras para alguém que andou um ano a escrever um livro, a entregar as suas noites às páginas de um livro? Cobardia minha talvez mas não consigo. E depois não sou tão entendida assim, não sou mesmo. Poderia enganar-me. Poderia, por pressa ou desatenção, não prestar atenção e desvalorizar um diamante em bruto. Espero que me percebam e perdoem.

Mas depois há as coisas engraçadas que me enviam.


2. O filme Makeover foi-me enviado. A seguir fui ver do que se tratava e estive a ver outras curtas que foram apresentadas no festival da Australia 2013. Assim acabo por ir conhecendo cada vez mais coisas. 


MAKEOVER - Tropfest Australia 22 2013 Second Prize (TSI "CHANGE")

SPRING is in the air...and it's time for a CHANGE!

Directed and Produced by Don Percy





3. Este descobri. Ao ver o que tinha ficado em segundo lugar, fiquei curiosa com o que teria ficado em primeiro.
Este é, pois, o vencedor do festival: 


BAMBOOZLED - WINNER Tropfest Australia 22 2013 (TSI "CHANGE")

True love can survive no matter what changes.

Directed and Produced by Matt Hardie


O subtítulo deste deveria ser, antes, 'A vingança serve-se fria'. Tadinho dele.


***

Sem comentários: