Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

sexta-feira, fevereiro 28, 2014

Antes da Posse - só maravilhas. Depois da Posse - tudo de pernas para o ar. Ora confiram, por favor, se não é verdade.


No post abaixo mostro-vos as palavras de Paulo Morais que foi à Assembleia da República chamar os bois pelos nomes. A política é uma porca que tem muitas tetas e há alguns viciados que não as largam. Haja o que houver, aí estão eles a viveram à sombra da bananeira, andando pelas televisões a pregar a santidade enquanto, no recato dos gabinetes, congeminam a melhor forma de sacar o dinheiro dos contribuintes para o meter nos bolsos daqueles que engordam a sua fortuna, haja ou não crise. Não deixem de conhecer as suas denúncias para melhor se perceber o que se passa. Miguel Frasquilho? Adolfo Mesquita Nunes? Matos Correia?... Ah pois é.


Entretanto, uma Leitora a quem muito agradeço, enviou-me um texto com muita piada e que aqui transcrevo abaixo desta imagem e do vídeo com um palavreado que, ouvindo-o agora, até mete nojo (vejam por favor o maior responsável pelo mais rápido e indesculpável retrocesso e empobrecimento de que há memória). 




A palavra de Passos Coelho em 2010 e 2011 - um best of


(Durante 2010 e 2011, Pedro Passos Coelho disse que sim, disse que não e disse o contrário)


(Vídeo obtido aqui e enviado por um Leitor a quem agradeço)



A vossa atenção agora, por favor.


ANTES DA POSSE:

  O nosso partido cumpre o que promete.
  Só os tolos podem crer que
  não lutaremos contra a corrupção.
  Porque, se há algo certo para nós, é que
  a honestidade e a transparência são fundamentais
  para alcançar os nossos ideais.
  Mostraremos que é uma grande estupidez crer que
  as máfias continuarão no governo, como sempre.
  Asseguramos sem dúvida que
  a justiça social não será o alvo da nossa acção.
  Apesar disso, há idiotas que imaginam que
  se possa governar com as manchas da velha política.
  Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
  se termine com a corrupção e as negociatas.
  Não permitiremos de modo nenhum que
  os reformados morram de fome.
  Cumpriremos os nossos propósitos mesmo que
  os recursos económicos do país se esgotem.
  Exerceremos o poder até que
  Compreendam que
  Somos a nova política.


DEPOIS DA POSSE:

  • BASTA LER O MESMO TEXTO, DE BAIXO PARA CIMA, LINHA A LINHA...



O PSD em peso e o responsável pelo partido de coligação todos na maior galhofa. Deve-lhes correr bem a vida.


*

A primeira imagem foi obtida aqui e a última, uma montagem que mostra a vergonhosa risota e a animação no congresso do PSD, todos felizes com a desgraça que têm andado a causar no País, aqui

*

Relembro: sobre a denúncia da promiscuidade que grassa na Assembleia da República (e, segundo ele, também no Governo e no Banco de Portugal) feita por Paulo Morais, vejam, por favor, o vídeo no post abaixo.


2 comentários:

jrd disse...

A vocação da hienas é rir.

Bob Marley disse...

bom , valha-nos a memória colectiva - https://www.youtube.com/watch?v=gNu5BBAdQec



não sei como um político (estes) existe no sec 21.