Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quarta-feira, maio 10, 2017

Lamento, mas estou mesmo capaz de preferir a banana da Gina G. à do Andy Warhol


Esta é a banana do Andy Warhol (do Andy Warhol, salvo seja). Aqui, loura e intacta. Não desfazendo, parece ser uma boa banana. Foi capa de disco e dizem que tinha uma forte carga erótica. Não sei. Olho-a e o que vejo é apenas uma banana que tem ar de ser uma boa banana. Não é pouco, isso, mas, a bem dizer, também não é sinónimo de transcendentalidade.


Já a banana da Gina G. (e aqui, claro está, duplamente salvo seja) tem vida, é tela, é objecto estético e, no fim, mostra-se como objecto a quem alguém não lhe resistiu e, isso sim, já é digno de registo. E, portanto, entre a banana distante do Warhol e o objecto estético e comestível da Gina G, sorry so much pure* guys, mas eu voto na Gina G.

NB: * Atenção: pure e não poor. Purist, vá.




(Naturalmente, fotos da Gina G.)

______________________________________

E aqui seguem os votos de que todos os domingos sejam dias felizes para a Gina G. e para todos os seus admiradores -- e também para os Leitores do Um Jeito Manso.

E os votos vão ao som dos Velvet Underground que exibiam a banana do Andy na capa.



______________________


_______________

Sem comentários: