Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

domingo, abril 02, 2017

Ó cavalheiro pintarolas venha cá, sente-se aqui...!


Por circunstâncias cá da minha vida, há muito tempo que não ando de transportes públicos. Contudo, quando andava na faculdade, usava à segunda e à sexta-feira um autocarro que era uma autêntica lata de sardinhas. Íamos entrando até onde se conseguisse fechar a porta. Lembro-me muito bem do incómodo de como, de vez em quando, sentia contra o meu corpo adolescente corpos de homem que abusavam. Virava-me para eles e dizia-lhes que estavam a incomodar-me. Ficavam atrapalhados, disfarçavam, fingiam que não percebiam ou desculpavam-se com os apertos. Presumo que coisas destas hoje já não aconteçam pois vejo os autocarros com muito menos gente e, além do mais, acredito que já não haja tanto troglodita à solta.

No entanto, na cidade do México isso ainda deve ser um problema. 

Então, para chamar a atenção para o desagradável que é o assédio dos homens sobre as mulheres nos meios de transporte públicos -- desde as mãos apalpadeiras, a respirações ofegantes e acabando em sexos erectos encostados ao corpo das mulheres -- o metro arranjou este efeito-choque: um dos assentos, destinado a homens, tem a silhueta de um corpo masculino, pénis e tudo. 

Claro que nenhum homem quer sentar-se nele. Por baixo, uma placa diz:
«Viajar neste assento é desagradável mais isto não é nada quando comparado com a viência sexual sobre as mulheres no seu trajecto quotidiano.»
Na estação, as câmaras filmam e projectam a imagem dos rabos de alguns passageiros homens que, naturalmente, ficam incomodados com a exposição. A espaços aparece a mensagem que é por situações assim que as mulheres estão sempre a passar.

O vídeo fala por si e acredito que esta campanha faça mais contra a estupidez masculina que mil prelecções.

No es de hombres



___________

Até já.

...

1 comentário:

Anónimo disse...

Bem parida essa campanha :)

Bom domingo
GG