Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

segunda-feira, janeiro 23, 2017

Obama cares, trump scares.
Think before you tweet.
It is 2017, not 1817.
History has its eyes on you.
Bridges, not walls.


Dizem as notícias que mais de um milhão de pessoas, maioritariamente mulheres, veio para a rua, nos States, para protestar contra as vis intenções de Trump.


Manifestações com iguais propósitos ocorrerram em cerca de 60 países. Não serve de nada...? Serve. Serve para que se veja que há um grupo de pessoas que não está disposta a encenar o número dos carneiros de Panurgo, afogando-se inutilmente no charco fétido em que Trump está em vias de transformar o espaço por si governado.

Na sequência deste meu outro post, aqui ficam imagens da manifestação e uma canção dos Ok Go devidamente adaptada aos tempos presentes.
































¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨¨

1 comentário:

P. disse...

Se, como alguns profetizam, a seguir a Trump nos EUA, a extrema-direita vier a ganhar eleições, ou reforçar-se, nesta Europa a navegar sem rumo político, não sei bem o que nos reservará o futuro. A História, embora não se repita, tem-nos dado vários exemplos do que sucede quando determinadas forças políticas, populistas, chegam ao poder. Sendo optimista por natureza e nunca um pessimista, desta vez, quando olho para a balança, vejo os pratos na horizontal. E isso preocupa-me. Fico a pensar para qual dos lados irá começar a balança a inclinar-se. Para o lado errado? E depois, o que irá acontecer?
P.Rufino