Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

terça-feira, setembro 13, 2016

É pá, ó UJM, já que tens a mania que consegues resposta para tudo, vê lá se consegues agora para esta:
mostra lá, se és capaz, um bebé a entrar sozinho pelo mar adentro...!
[ 9º de uma série de 11 posts com títulos parvos]


Ah, ah! Claro que sou. Um bebé de gatas, de fralda, todo corajoso a avançar a caminho de um mar revolto...? Ó pá, é canja, é canja, é canja de galinha!

Cá está ele! O super-bebé!


Sem photoshop, sem truques, sem nada na manga. Um surfista em potência, um destemido baby.

___

2 comentários:

bea disse...

É destemido é...até que os braços da mãe o arrebatem ao perigo.

Um Jeito Manso disse...

bea, claro que os pais estavam por perto mas ele avançava sem medo, uma coisa mesmo engraçada, a gatinhar pelo mar dentro. Eu, que me derreto com crianças, estava encantada com aquele bebé tão valente.