Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

Actualidade, livros, árvores, amores, ficções, memórias, maluquices, provocações, desatinos, brinca

quinta-feira, junho 04, 2015

Jorge Jesus no Sporting com dinheiros do Álvaro Sobrinho...?! Mas isto é o quê? Castigo? Provocação? Um teste à paciência de chinês dos sportinguistas? -- Caraças. Uma coisa destas não se faz.


Jorge Jesus no Sporting - o horror dos horrores


É que, nisto do Jorge Jesus ir ser o treinador do Sporting, não é o cabelo em particular, nem a forma de se exprimir, nem a postura corporal, nem os raciocínios, nem o abuso dos honorários e prémios que vai ganhar (6 milhões?!?!), nem isto de haver estes dinheiros do Sobrinho à mistura: é tudo. Toda esta mistura é insuportável. Um atentado.





Cá em casa o clima é sportinguista tal como sempre o foi em casa dos meus pais. Talvez por isso, eu, que não percebo nada de futebol, dou por mim como que a pender para este lado. Já em miúda tinha simpatia pelo Vitória de Setúbal que era o segundo amor clubístico do meu pai. Contudo, lembro-me de, pequena, pequena, ainda na infantil, quando me perguntavam, eu dizer que era do Porto. Ninguém sabia onde teria eu ido buscar aquela. Perguntavam e eu não sabia explicar. Talvez fosse, na minha cabeça, o clube de uma cidade distante e bonita. Depois, com o tempo, fui secundarizando essa simpatia.

Há bocado, o meu marido, desolado com isto do Jesus, dizia que era o fim e que um dia destes ainda passava a ser adepto do Porto. Estava a gozar, acho, porque, do que tenho observado, sportinguista que é sportinguista, nasceu para sofrer. Mas caraças, é preciso espetar-lhes uma faca destas e despejar sal para a ferida?

E eu, por mim, não tenho dúvidas: não conseguirei sentir-me minimamente simpatizante de um clube que tenha um Jorge Jesus (a tecer considerações estapafúrdias) como treinador.

Nem quero acreditar que, com o tempo, a coisa ainda acaba por ser tolerada e que, aqui em casa, em que há a mania peregrina de ouvir os comentários a seguir aos jogos, ainda vou ter que gramar com aquele linguajar que nem é português nem é nada. Juro: não quero acreditar. É que, até aqui, se o Jesus aparecia nos ecrãs, a reacção era a mesma que quando aparece o Láparo ou o Portas: zapping e tirem-me este gajo da frente!

Resumindo: os sportinguistas não mereciam isto. Muito graçola vão ter que engolir, coitados.


BEST OF JORGE JESUS - O REI DAS CALINADAS


(um vídeo dos SPORTING FANS)



...

4 comentários:

Anónimo disse...

Concordo consigo. Por mim, desde que essa avantesma não vá para treinador do meu FCP, quero lá saber! Isso sim, pelo menos para mim, seria um choque. Só voltaria apoiar o Porto depois dele sair.
O homem nunca ganhou uma única taça importante internacional. Nem as Champions, como Mourinho, nem a UEFA, como o Vilas-Boas.
E nunca conseguiu atrair qualquer grande clube europeu. Nem conseguirá. Os meus sentidos pesâmes aos Sportinguistas!
P.Rufino

Anónimo disse...

Viva, UJM!

Andava convencida, nas últimas semanas, de que o Jesus ia mesmo sair do Benfica e, sinceramente, era uma coisa que não me aquecia nem arrefecia muito, apesar de achar que é um bom treinador: tanto podia ficar, como ir. O Benfica, hoje, tem uma estrutura que não depende de um concreto treinador para ganharmos seja o que for. Aliás, muito deve o Jesus à estrutura do Benfica ou, provavelmente, ainda não teria ganhado nada até hoje, porque muitos erros foi ele cometendo (nos jogos grandes, põe-se a inventar e falha quase sempre, vá lá que este ano e o ano passado o Porto falhou ainda mais).
Agora, ir para o Sporting?! Nunca pensei! Não estou aborrecida, nem me sinto traída (era o que faltava, o Jesus não é nenhum símbolo do Benfica), simplesmente nunca pensei que o Jesus fosse tão estúpido! Ele não quer ir para a Arábia, a Turquia ou a Russia, porque mais importante que o dinheiro é o projeto desportivo (o sonho da champions), então o que vai ele fazer para o sporting?... Repito: mas o que é que ele acha que vai ganhar no Sporting?... lol... É que isto tem tudo para correr mal... Até tenho pena dos sportinguistas... O BdC e o Jesus a trabalhar juntos... Esqueça as gafes do Jesus, isso ainda é suportável, agora repare nisto:
- O treinador vai ganhar quase 1/4 de todo o orçamento do clube para o futebol;
- quem ganha isso TEM de ganhar qualquer coisa (e parece-me que uma taça de portugal, por exemplo, será pouco)
- mas como os outros 3/4 do orçamento são curtos e a equipa não presta, não vai ganhar nada, até porque, assim que as coisas começarem a correr mal (não passam a eliminatória da champions, perde ou empata nos primeiros jogos para o campeonato, etc.), o BdC começa logo a mandar as habituais cuspidelas de sapo gordo e o Jesus não é um menino bem comportado como o Marco Silva... Vai dar molho, é certinho...
- E depois como é que é?: querem mandar o Jesus embora, têm de pagar os 3 anos (por isso é que são precisas as garantias dos amigos do BES). Um clube falido, em restruturação? lol... Têm então de gramar com um treinador que só traz problemas e que já não querem?...

Resumindo, não vão ganhar nada e, pelo caminho, afundam o Sporting num buraco de 18 milhões de euros. Agora é que vão mesmo ao fundo...

Abraço,
JV

Anónimo disse...

Este "Best of Jesus" diz tudo da figura! Um bronco! Nunca conseguiu levar o Benfica à glória, nunca ganhou nenhuma relevância, ou seja, uma Champions - compare-se com a prestação do Mourinho no Porto, excepcional! - nem sequer a Tacinha de 2ªDivisão, a tal dos "Loosers", a da UEFA, como o André Villas-Boas. Um pateta! Que mesmo apoiado no dinheiro sujo de Angola não irá levar o Sporting ao sucesso. Fez mal o Bruno em não ter mantido o Marco Silva. E assim, fica o caminho aberto para os próximos 5 títulos do FCP, seguidos.
Boa noite!
P.Rufino

Anónimo disse...

Não percebo porque se amesquinha o JJ. Então o homem é um profissional competente e mesmo assim dizem mal dele ?
Não percebo...

cumps

Rui SIlva